Portugal segue preparando-se para centenário das aparições de Fátima

ROMA, 11 Dez. 10 / 12:57 pm (ACI).- O centenário das aparições marianas, em Fátima, Portugal, que se celebrará em 2017, será preparado através de conteúdos espirituais e culturais específicos que caracterizarão todos os anos precedentes, informou a Rádio Vaticano nesta manhã de Sábado.

Em 2011, segundo informou a agência de notícias SIR, serão propostos um tema e uma frase inspirados nas recordações de Irmã Lúcia, que junto com Francisco e Jacinta, foi testemunha das três aparições angélicas de 1916 e das seis aparições da Virgem Maria que ocorreram de maio a outubro de 1917.

O reitor do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, Pe. Virgílio Antunes, explicou que a intenção é colocar no centro de todas as celebrações a dimensão espiritual e pastoral das aparições.
“Tal ocasião deve nos levar a rever de maneira mais clara e profunda o núcleo da mensagem de Fátima, através do extraordinário documento constituído pelas memórias de Irmã Lúcia, falecida em 2005, e única vidente adulta” – frisou o sacerdote em declarações reunidas pela RV em português.

“Estamos conscientes de que o centenário será um momento fundamental para a Igreja e para o mundo. Faremos o possível para corresponder às expectativas de muitos peregrinos” – ressaltou Pe. Antunes – acrescentando que todo ano, será proposto aos peregrinos um caminho denominado “Itinerário do Jubileu”, que os ajudará a interiorizar os verdadeiros significados das aparições.

O tema proposto para 2011, “Santíssima Trindade, te adoro profundamente”, oferece um percurso que inicia na Loca do Cabeço, onde aconteceu uma das aparições do Anjo, passa pela propriedade e pelo poço do Arneiro, lugar de outra aparição angélica, e termina na Capela de Lausperene, dentro da Igreja da Santíssima Trindade.

Mais informações sobre as iniciativas do centenário, visite o site:
www.fatima2017.org/portal

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.