Por que razão a produção e o consumo de pornografia são um pecado contra o amor?

ovicioPeca gravemente quem fez mau uso do amor, arrancando a sexualidade humana da intimidade de um amor vivido comprometidamente por duas pessoas e convertendo-a em mercadoria comprável. Quem fabrica, consome ou compra produtos pornográficos fere a dignidade humana e alicia os outros ao mal. [2523]

Leia também: Guerra à pornografia na internet

Um estudo sério sobre os efeitos da pornografia

Como deixar o vício da pornografia?

Carta da esposa de um viciado em pornografia: uma leitura obrigatória para todos os maridosproblemascasamento

A pornografia é uma variante da prostituição, pois também aí o ser humano é tentado a dar “amor” por dinheiro. Antes, produtores e comerciantes faltam da mesma forma grave contra o amor e a dignidade humana. Quem consome produtos pornográficos, quem se move em mundos virtuais pornográficos ou participa em eventos pornográficos encontra-se no alargado circuito da prostituição e promove o negócio sujo e bilionário do sexo.

Trecho retirado do livro: YOUCAT

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.