Por que descansou Deus no sétimo dia?

raphael-criazao1Na metáfora da “semana do trabalho”, coroada por um dia de descanso (Gn 1,1-2, 3), exprime-se quão boa, bela e sabiamente ordenada é a Criação. [CIC, §337-342]

Do simbolismo da “semana de trabalho” podem deduzir-se relevantes postulados: 1. Nada há que não tivesse sido chamado à existência pelo Criador. 2.Tudo quanto existe é, à sua maneira, bom. 3. Mesmo aquilo que se tornou mau tem uma essência boa. 4. Os seres e as coisas criados estão mutuamente relacionados e orientados. 5. A Criação reflete, na sua ordem e harmonia, a extraordinária bondade e beleza de Deus. 6. Na Criação existe uma hierarquia: o ser humano está sobre os animais, os animais sobre as plantas, as plantas sobre a matéria não vivificada. 7. A Criação caminha para o grande festim em que Cristo recolherá o mundo em Sua casa, tornando-Se Deus “tudo em todos” (1Cor 15,28).

Assista também: A obra de Deus na criação – Sl 18

Como devemos lidar com a criação?

O repouso de Deus, depois do trabalho, aponta para o aperfeiçoamento da Criação, que se encontra além de todo o esforço humano. [CIC, §349]

Se é verdade que o ser humano trabalhador é o jovem parceiro do seu Criador (Gn 2,15), ele não pode, contudo, redimir a terra com a sua labuta. A meta da Criação é “os novos céus e a nova terra” (Is 65,17), realizada pela redenção dominical, um antegozo do descanso celeste, encontra-se acima do trabalho, o qual nos prepara para ele.

Fonte: YOUCAT

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.