Pesquisas afirmam que aumentou o número de católicos no mundo

Pope Benedict XVI waves to pilgrims from his popemobile as he arrives to lead a mass at the Cuatro Vientos aerodrome as part of World Youth Day festivities in MadridO blog Carmadélio, da Comunidade Shalom, publicou um post esta semana, informando que o Anuário Estatístico da Igreja Católica e o Anuário Pontifício, apresentaram ao Papa Francisco o resultado das pesquisas realizadas a cerca do número de católicos no mundo.

Segundo o resultado apresentados pelas pesquisas,o número dos católicos cresceu especialmente na África, com um aumento de 4,3% em relação ao incremento da população africana, de 2,3%. Um acréscimo superior ao da população que aconteceu também na Ásia, com 2,0% contra 1,2%. No continente americano e na Europa, os fieis católicos cresceram no mesmo nível que a população, 0,3%.

No total, a presença de católicos no mundo ficou inalterada em 17,5%, já que o  crescimento foi levemente maior do que o aumento da população total da Terra, de 1,23%.

Ao todo, o número de católicos batizados no mundo ficou distribuído da seguinte forma: 16% na África, 48,8% nas Américas, 10,9% na Ásia, 23,5% na Europa e 0,8% na Oceania.

Fonte: http://www.comshalom.org/blog/carmadelio/34428-numero-de-catolicos-no-mundo-aumentou-15-entre-2010-e-2011-passando-de-1196-bilhoes-para-1214-bilhoes

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.