Peruanos são massivamente a favor das posições da Igreja

Em matéria
de aborto, drogas e casamento homossexual

LIMA,
sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 (ZENIT.org) – Uma pesquisa revela o apoio da população do
Peru à postura de oposição da Igreja com relação à legalização do aborto, ao
consumo e tráfico de drogas e às uniões civis entre pessoas do mesmo sexo,
temas debatidos nas últimas semanas por parte dos candidatos à presidência do
país.

Um estudo
da opinião pública nacional, apresentado pela Companhia Peruana de Estudos de
Mercado e Opinião Pública (CPI), mostra que o povo peruano defende a moral e se
opõe majoritariamente a estas propostas.

Como
revelado pela pesquisa, realizada entre 1º e 6 de fevereiro, 92,2% dos
entrevistados rejeitam a legalização da venda e consumo de drogas no Peru.

Além disso,
76,3% deles se pronunciaram contra o aborto.

Finalmente,
74,7% rejeitaram o reconhecimento legal do casamento entre pessoas do mesmo
sexo; e 69,5% se manifestaram contra a união civil entre homossexuais, a fim de
proteger a família e a segurança social que o Estado oferece.

Os dados
técnicos sobre o estudo de opinião estão disponíveis em http://www.cpi.com.pe

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.