Perseguição aos Cristãos

Várias notícias tem apontado que a perseguição contra o cristianismo aumentou violentamente.

A Igreja durante toda sua história passou por diversos períodos de perseguição. Por exemplo, o nazismo fez vítimas milhares de cristãos; o comunismo deixou mais de 100 milhões de mortos; a Revolução Francesa, em apenas 10 anos, assassinou 17.000 padres e mais ou menos 34.000 religiosos e religiosas; a Revolução Mexicana também teve como consequência a morte de muitos católicos.

E hoje, parece não estar muito diferente. Atualmente os cristãos estão se tornando reféns de um laicismo anticatólico e de um ateísmo agressivo, que quer arrancar crucifixos dos lugares públicos, o nome de Deus das cédulas, e que até já tira a vida dos cristãos em alguns países, entre outras coisas.

Veja o que o Prof. Felipe Aquino diz a respeito deste assunto:

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.