Pastoral da Família: troca de experiências de todo o mundo

Congresso do Conselho Pontifício da Família
 

ROMA, sexta-feira, 26 de novembro de 2010 (ZENIT.org) – O cardeal Ennio Antonelli abriu nesta quinta-feira pela manhã em Roma o congresso internacional promovido pelo Conselho Pontifício para a Família, que ele preside, sobre o tema da família no coração das ações pastorais específicas, evento que encerra neste sábado.

 
“A família cristã – disse o cardeal – tem sido sempre a primeira via de transmissão da fé e ainda hoje tem grandes possibilidades de evangelização”.
O Conselho Pontifício recebeu dos bispos de todo mundo 187 relatos de experiências pastorais e escolheu 66, apresentados aos 200 participantes no congresso.
Deseja-se “ativar um processo com continuidade no tempo” de compilação e colocação em circulação destas experiências, após o necessário discernimento para “inspirar e estimular novas experiências”, disse o cardeal.

 
Segundo o presidente do dicastério explicou, Bento XVI alentou esse trabalho já que as experiências “são mais convincentes que as ideias”, porque estas “não indicam só o que se há de fazer, mas também o que se pode fazer, com a ajuda de Deus”.
Famílias de diferentes horizontes e movimentos eclesiais estão dando seus testemunhos durante o congresso.

 
Mas o cardeal Antonelli não deseja que se trate só de dar exemplos de “bons cristãos”, mas também de indicar “o bom uso da liberdade humana”, quando “se acolhe a graça divina”. Não se trata só do “amor cristão”, mas do “próprio amor de Cristo, acolhido e manifestado a todos”.
Para o exercício desta “responsabilidade” das famílias, o cardeal Antonelli recomenda uma “pastoral da verdade” centrada na “importância e na beleza do anúncio cristão”, uma pastoral da “santidade”.

 
Há que formar as pessoas e comunidades, acrescenta o cardeal Antonelli, para que não se contentem com “uma vida medíocre, sinal de uma ética minimalista e de uma religiosidade superficial”.
Trata-se de uma “pastoral da misericórdia”, feita de abertura ao diálogo, da promoção do desenvolvimento integral da pessoa humana, dos direitos humanos, da família, da sociedade bem ordenada, até a elaboração de formas concretas de compromisso social.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.