Paquistão: Cristãos querem justiça mas não a pena de morte para o assassino de Taseer

Roma, 04 Out. 2011  (ACI/EWTN Noticias) – Haroon Barkat Masih, presidente da Fundação Masihi, qualificou de “valente” a decisão do tribunal antiterrorista do Paquistão de declarar culpado Malik Mumtaz Hussain Qadri pelo assassinato do ministro para as minorias religiosas Salman Taseer.  Masih porém rechaçou que sua condenação à pena de morte.

“Opomo-nos à pena de morte e não nos alegra este veredicto. Apoiamos o trabalho do poder judicial: é uma decisão muito valente por parte do tribunal. Pela primeira vez no Paquistão, uma pessoa implicada em um assassinato de alto perfil foi condenada”, afirmou o presidente da fundação dedicada a defender aos cristãos.

Conforme informou este sábado a agência Fides, Masih advertiu que Qadri “foi considerado um herói” pelos extremistas muçulmanos. “Temos que erradicar as causas que levaram este homem a cometer um delito. Promovamos o respeito das pessoas, das religiões, de todos os direitos. Todos devemos trabalhar juntos para uma sociedade mais tolerante”, expressou.

O presidente da entidade recordou que Taseer “foi um defensor da reforma da lei sobre a blasfêmia e foi silenciado por suas opiniões”. “Não tinha ofendido a ninguém, mas só pediu que o rechaço a uma lei promulgada por um ditador: é uma lei que cria uma atmosfera asfixiante, não só para os não muçulmanos, mas também para os muçulmanos deste país”, assinalou.

Qadri era guarda-costas de Taseer e o assassinou no dia 4 de janeiro devido ao fato que o ministro se opunha à lei de blasfêmia. Segundo a declaração, ele atuou de acordo com os princípios do Corão e após um clérigo acusasse o líder cristão de blasfemar.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.