Papa vai enfrentar protestos

Bento 16 chegará hoje à Alemanha

Parlamentares ameaçam boicotar o discurso que o papa Bento 16 fará hoje ao Bundestag, a Câmara baixa do Parlamento alemão, no primeiro de quatro dias de visita à Alemanha. São esperadas 20 mil pessoas em protesto na Potsdamer Platz, um dos marcos da Alemanha reunificada.
A manifestação foi convocada pelo grupo “O papa vem aí”, que congrega organizações de direitos de homossexuais, mulheres, vítimas de abusos sexuais e humanistas. Parlamentares do Partido Socialdemocrata, dos Verdes e da Esquerda questionam a decisão de considerar a viagem uma visita de Estado, possibilitando que o papa fale ao Bundestag como chefe de Estado do Vaticano.

“É crucial que religião e Estado sejam separados. Um líder religioso controverso falando a um Parlamento democrático é uma situação da qual não quero participar”, explicou à Folha a social-democrata Daniela Kolbe.
O governo chamou as críticas de provincianismo e convocou ex-parlamentares para ocupar cadeiras vazias. A imprensa alemã especula como será o encontro com o presidente Christian Wulff, católico que se divorciou e casou de novo, e com o prefeito Klaus Wowereit, que é gay. A premiê Angela Merkel também está no segundo casamento, mas é protestante.

Esta é a terceira vez que Bento 16 visita sua terra natal. As anteriores -em 2005, e 2006- foram consideradas visitas pastorais.
“Estou animado com a viagem”, disse Josef Ratzinger, 84, em programa na TV alemã. “Não se trata de turismo religioso nem de espetáculo, mas de trazer Deus de volta a nosso campo de visão.”

Em seu podcast, Merkel disse que a visita é importante “para reforçar a unidade dos cristãos em um momento de crescente secularismo”. Amanhã pela manhã, Bento 16 parte para Erfurt, berço da Reforma Protestante de Lutero. A última escala é na cidade católica de Freiburg.

Folha de SP – 22/9/11

Por Carolina Vila-Nova
De Berlim
 

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.