Papa propõe levar Evangelho na mala

Conselhos para quem terá um período de férias

CIDADE DO VATICANO, domingo, 3 de julho de 2011 (ZENIT.org) – Bento XVI deu neste domingo alguns conselhos para quem terá neste meio de ano um período de férias, convidando em particular a levar o Evangelho na mala.

Antes de se despedir dos mais de 10 mil peregrinos congregados na Praça de São Pedro, no Vaticano, para rezar a oração mariana do Angelus, falando em francês, o Santo Padre quis partilhar uma breve reflexão sobre o período de descanso estival que agora acontece no hemisfério norte.

Ao sair em férias – explicou – “não se trata de simplesmente sair para encontrar descanso, trata-se de viver de uma maneira nova nossas relações com nossos próximos, com Deus, tomando o tempo que isso requer”.

Nas palavras de Jesus “vinde a mim todos vós que estais cansados”, o bispo de Roma vê um convite a “confiar n’Ele”, uma mensagem de “descanso e serenidade” para as férias.

“A fé em sua presença nos oferece a serenidade de quem se sabe sempre amado pelo Pai”, disse.

Por isso, deixou este conselho: “deixemos amplo espaço à leitura da Palavra de Deus, em particular do Evangelho, que vocês não deixarão de levar em suas malas nessas férias!”.

Falando em inglês, o Papa assegurou suas orações para que as vocações sejam um momento “de regeneração para o corpo e o espírito e uma oportunidade para descansar no Senhor”.

(Jesús Colina)

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.