Papa indica pesquisador da USP São Carlos para Academia do Vaticano

19 de outubro de 2012 – Vanderlei Bagnato é o segundo brasileiro que integra atual equipe em Roma. Professor realizou diversos trabalhos inovadores, como relógio atômico.
 
O professor e pesquisador do Instituto de Física da USP de São Carlos (SP), Vanderlei Bagnato foi indicado pelo papa Bento XVI como membro da Academia de Ciências do Vaticano. Bagnato é o segundo brasileiro que integra a atual equipe da academia de ciências em Roma e o único que vive no Brasil.

A indicação é feita diretamente pelo papa, que dará uma medalha ao pesquisador da USP no próximo dia 7 de novembro. O grupo da academia se reúne periodicamente para discussões, no Vaticano, a cada três meses.

A academia foi criada em 1603 em Roma. Em mais de 400 anos passaram por lá grandes cientistas, como Galileu. Hoje o grupo é formado por 80 pesquisadores, que se reúnem com o papa para falar sobre questões científicas polêmicas para a igreja. “Eu acho que eles estão realmente preocupados em ter pessoas que discutam a ciência e como ela vai ajudar o homem”, declarou Bagnato.

A equipe liderada por Bagnato já realizou diversos trabalhos inovadores, como um relógio atômico que mede o tempo com precisão. O professor também se destacou por pesquisas com o uso do laser na odontologia e na medicina. Entre os aparelhos desenvolvidos na USP está um equipamento usado para o diagnóstico e tratamento de um tipo de câncer de pele.

“Foi muito importante para mim e eu considero uma contribuição que eu dei para a sociedade brasileira, disponibilizando a ela aquilo que pode ter de mais moderno em tecnologia para o seu próprio tratamento da saúde”, disse o pesquisador

Fonte: http://www.saocarlosoficial.com.br/noticias/?n=Papa+indica+pesquisador+da+USP+Sao+Carlos+para+Academia+do+Vaticano_KWG7QP2CZE

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.