Papa Francisco “pessoalmente interessado” na causa de canonização do Beato José de Anchieta, revela Dom Odilo

anchietaA12Na última terça-feira (18/02/14) o site ACI informou que o Papa Francisco, que conhece há muito tempo a história do Beato José de Anchieta ,está “pessoalmente interessado” na canonização, segundo afirmou o cardeal Odilo Pedro Scherer em entrevista exclusiva ao jornal O SÃO PAULO, da arquidiocese de SP, após sua primeira audiência privada com Francisco em Roma.

Segundo a nota no site oficial da arquidiocese da capital paulistana, um dos temas de destaque do encontro foi justamente o padre jesuíta que, em 1553, chegou ao Brasil como missionário, um dos primeiros enviados por Santo Inácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus.

Segundo dom Odilo, o papa Francisco reconhece um “significado especial” na causa.

“O padre Anchieta deixa um grande legado missionário para o Brasil. É uma grande alegria para todo o País. Ele é o apóstolo do Brasil”, declarou o Arcebispo, confirmando que Anchieta será chamado “Santo” muito em breve.

“Manifestei ao Papa o pedido da canonização e tudo indica que esse dia está próximo, mas ainda não temos uma data.” Para Dom Odilo, a cidade de São Paulo está muito ligada ao Padre Anchieta, um dos seus fundadores.

“Sua canonização é um sinal de uma retomada missionária da Igreja de São Paulo”, conclui o Cardeal Odilo Scherer.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=26718

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.