Papa Francisco destaca a necessidade de edificar, proteger e purificar a Igreja

Segundo o ACI Digital (09/11/2017), no dia em que a Igreja celebra a dedicação da Basílica de São João de Latrão, Catedral de Roma e primeira Basílica que foi construída, o Papa Francisco destacou, durante a Missa celebrada na Casa Santa Marta, a necessidade de “edificar a Igreja, proteger a Igreja e purificar a Igreja”.

Em sua homilia, o Santo Padre assinalou que, para edificar a Igreja, é necessário identificar sua base. “E qual é o fundamento da Igreja? É Jesus Cristo!”.

“Ele é a pedra angular neste edifício. Sem Jesus Cristo, a Igreja não existe. Por quê? Porque não há fundamento. E se construímos uma igreja – pensemos em uma igreja material – sem fundamento, o que acontece? Cai. Cai inteira. Se não há Jesus Cristo vivo na Igreja, ela cai”.

Por outro lado, “nós, o que somos?”, perguntou-se o Papa. “Somos pedras vivas”. Assinalou que essas pedras são todas diferentes e “esta é a riqueza da Igreja. Cada um de nós constrói segundo o dom que Deus deu. Não podemos pensar numa Igreja uniforme: isso não é Igreja”.

Em seguida, perguntou: “Quem protege a Igreja ?: o Espírito de Deus que habita em nós”. “Os cristãos hoje sabem quem é Jesus Cristo, sabem quem é o Pai – porque rezam o Pai Nosso. Mas quando você fala do Espírito Santo dizem: ‘Sim, sim, ah, é a pomba, a pomba” e para ali. Mas o Espírito Santo é a vida da Igreja, é a sua vida, é a minha vida. Nós somos templo do Espírito Santo e devemos cuidá-lo”.

“O Espírito Santo é quem faz a harmonia dentro de nós e na Igreja. Ele faz a harmonia deste edifício”, sublinhou.

Finalmente, o Papa Francisco falou sobre purificar a Igreja. “Todos nós somos todos pecadores: todos. Todos. Se alguém de vocês não for, levante a mão, porque seria uma bela curiosidade. Todos somos pecadores. E por isso devemos nos purificar continuamente. E purificar também a comunidade: a comunidade diocesana, a comunidade cristã, a comunidade universal da Igreja. Para fazê-la crescer”. concluiu.

Evangelho comentado pelo Papa Francisco:

Jo 2,13-22

13Estava próxima a Páscoa dos judeus e Jesus subiu a Jerusalém. 14No Templo, encontrou os vendedores de bois, ovelhas e pombas e os cambistas que estavam aí sentados. 15Fez então um chicote de cordas e expulsou todos do Templo, junto com as ovelhas e os bois; espalhou as moedas e derrubou as mesas dos cambistas. 16E disse aos que vendiam pombas: “Tirai isto daqui! Não façais da casa de meu Pai uma casa de comércio!” 17Seus discípulos lembraram-se, mais tarde, que a Escritura diz: “O zelo por tua casa me consumirá”. 18Então os judeus perguntaram a Jesus: “Que sinal nos mostras para agir assim?” 19Ele respondeu: “Destruí este Templo, e em três dias o levantarei”. 20Os judeus disseram: “Quarenta e seis anos foram precisos para a construção deste santuário e tu o levantarás em três dias?” 21Mas Jesus estava falando do Templo do seu corpo. 22Quando Jesus ressuscitou, os discípulos lembraram-se do que ele tinha dito e acreditaram na Escritura e na palavra dele.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/papa-francisco-destaca-a-necessidade-de-edificar-proteger-e-purificar-a-igreja-22443/

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.