Papa confia todos os pastores a São José

Ao rezar o
Ângelus de hoje

CIDADE DO
VATICANO, domingo, 19 de dezembro de 2010 (ZENIT.org) – “A São José, padroeiro da Igreja
universal, confio todos os pastores”, disse o Papa hoje, antes de rezar o
Ângelus, junto a milhares de peregrinos reunidos na Praça de São Pedro.

Ao mesmo
tempo, exortou todos esses guias a oferecerem, “humilde e quotidianamente,
aos fiéis cristãos e ao mundo inteiro, as palavras e os gestos de Cristo”.

Bento XVI
convidou a venerar o pai adotivo de Jesus, “porque nele se pode vislumbrar
o homem novo, que olha para o futuro com confiança e coragem, não segue o seu
próprio projeto, mas se entrega totalmente à infinita misericórdia d’Aquele que
torna realidade as profecias e abre o tempo da salvação”.

O Pontífice
destacou que São José “anuncia as maravilhas do Senhor, testemunhando a
virgindade de Maria, a ação livre de Deus e protegendo a vida terrena do
Messias”.

Indicou que
São José é apresentado no Evangelho do 4º domingo do Advento como “um
homem justo, fiel à lei de Deus, disponível para fazer a sua vontade” e
“por isso entra no mistério da Encarnação”.

Citando o
“Comentário do Evangelho segundo São Lucas”, de Santo Ambrósio, o
Papa sublinhou a dignidade da qualidade do testemunho de São José.

Este santo,
comentou o Pontífice, depois de receber em sonhos as indicações do anjo,
abandonando “a ideia de repudiar em segredo Maria,
toma-a consigo, porque agora os seus olhos veem nela a obra de Deus”.

“Apesar
de ter experimentado turbação – prossegue -, José ‘fez como o anjo do Senhor
havia mandado’, certo de estar cumprindo o que é justo. Colocando o nome de
‘Jesus’ nesse Menino que rege todo o universo, ele se situa nas filas dos
servos humildes e fiéis, como os anjos e os profetas, os mártires e os
apóstolos.”

Finalmente,
o Papa desejou “que a nossa vida possa aderir cada vez mais à Pessoa de
Jesus” e que, “no Natal que se aproxima, os nossos olhos se abram e
vejam Jesus, e o coração se alegre neste admirável encontro de amor”.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.