Padre Lombardi faz balanço do ano do Santo Padre

Cidade do Vaticano (Qinta-feira, 29-12-2011, Gaudium Press) “O ano de 2011 foi ‘muito intenso e sereno’ para o Papa Bento XVI.  O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé e porta-voz vaticano, Padre Federico Lombardi, fez um balanço do ano que termina em entrevista à Radio Vaticano.

Entre os eventos mais importantes, disse , estavam a beatificação de João Paulo II, e as viagens à Jornada Mundial da Juventude de Madrid, a Alemanha e a Benin, e a publicação do Motu proprio “Porta Fidei”. Também o ano de 2012 será muito intenso para o Pontífice, que cumprirá 85 anos em abril. Pensa-se em 6 viagens -três com destinos internacionais, México, Cuba e depois ao Líbano e a Itália, incluindo a participação confirmada do Papa no encontro Mundial das Famílias em Milão.

Os maiores momentos do ano são sempre as viagens internacionais. 2011 foi muito especial nesse sentido.

A terceira viagem do Papa a sua terra foi “uma viagem esperada, muito intensa, extremamente importante e creio que o discurso do Papa ante o Parlamento em Berlim segue sendo um dos grandes discursos de seu pontificado, fazendo ouvir a um muito amplo público a importância da referencia a Deus, como uma base firme e ponto de referência dos valores fundamentais da convivência humana e a proteção da dignidade humana”.

Sobre a vivacidade e o forte testemunho de Fé da viagem a Espanha por motivo do Dia Mundial da Juventude em Madrid e no Benim, o próprio Papa dedicou todo o discurso de saudação de Natal à C Curia Romana, em 22 de dezembro.

O ‘coração’ do começo do ano foi a preparação e a beatificação do Papa João Paulo II, o antecessor direto de Bento XVI, a quem chamava de seu “amigo provado”. “Devo dizer”, declarou Padre Lombardi, “que foi um evento vivido com suma alegria, que expressou a fé da Igreja na vida do Beato conosco, ou melhor dizendo, que João Paulo II se manifesta realmente como uma pessoa viva e atual no caminho da Igreja. Isto é sentido, experimentado de forma espontânea, por um grande número de fiéis, que vêm encontrá-lo – simbolicamente – visitando sua tumba em São Pedro, e isto é algo que continua, porque João Paulo II seguirá a estar presente, ou seja, a beatificação não é um ponto de chegada, mas em um sentido é um passo em uma viagem: Muitos olha já a canonização…”, disse o jesuíta.

Não menos intenso e particular será para o Papa Bento XVI o próximo ano. Será dedicado ao tema da fé. Os momentos centrais deste evento serão três: o Sínodo dos Bispos sobre o tema da nova evangelização, de 7 a 28 de outubro próximo; a abertura do Ano da Fé no dai 11 de outubro e os 50 anos do início do Concílio Vaticano II.

A primeira grande viagem de 2012 será em México e Cuba na primavera europeia, já anunciado pelo Papa na Missa pelo Bicentenário da Independência dos países da América Latina na festa de Nossa Senhora de Guadalupe, no dia 12 de dezembro. As outras prováveis viagens são ao Líbano e à Ucrânia. Entre as viagens à Itália, foram confirmadas aquela que Bento XVIfará a Milão na próxima Jornada Mundial das Famílias, no dia 3 de junho.

Outras viagens que ainda não tiveram confirmação oficial pelo Vaticano é a Abruzzo, durante o Ano da Fé para visitar os restos de São Tomás, em Ortona, e a Lanciano, famoso pelo milagre eucarístico do final dos anos 800.

É muito provável que um novo consistório para o próximo ano, pelo fato de que já faltam 11 cardeais eleitores dos 120 previstos. A data mais próxima poderia ser 22 de fevereiro, o dia da festa da Cátedra de São Pedro, tradicionalmente associada aos consistórios, como a da solenidade de Cristo Rei.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.