O que é o Ofício de Nossa Senhora?

Imaculada3O Ofício foi escrito na Itália no século XV pelo franciscano Bernardino de Bustis, e aprovado pelo papa Inocêncio XI em 1678. No Brasil foi muito propagado, sobretudo no Nordeste, por Frei Damião. Uma antiga tradição ensina que Nossa Senhora se ajoelha no céu quando alguém na terra reza este Ofício. Muitos santos rezavam este ofício todos os dias.

Leia também: Ofício de Nossa Senhora da Conceição

O Ofício pode ser realizado a cada três horas, ou pode também ser rezado de uma vez só; e pode ser cantado. É fonte de muitas graças, especialmente contra as tentações do demônio. Consta de sete partes:oficio_da_imaculada Matinas e Laudes (manhã e madrugada); Prima (6 horas da manhã); Terça (9 horas da manhã); Sexta (meio-dia); Noa (3 horas da tarde); Vésperas (6 horas da tarde); Completas (9 horas da noite).

Assista também: O que é o Ofício da Imaculada? Como rezá-lo e entendê-lo?

Muitas pessoas, graças a Deus, também rezam diariamente este sagrado Ofício de Nossa Senhora, mas nem todos sabem o significado de cada inovação bíblica pela qual Nossa Senhora é louvada. Neste pequeno livro queremos explicar o sentido de cada uma dessas inovações. Sem dúvida este conhecimento aumentará ainda mais a devoção à Virgem Imaculada por meio desta oração.

Prof. Felipe Aquino

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.