O Papa Bento XVI visitará a Alemanha em 2011

VATICANO, 20 Nov. 10 / 07:13 am (ACI).- O Presidente da Conferência Episcopal Alemã, Dom Robert Zollitsch, anunciou que o Papa Bento XVI visitará a Alemanha em 2011, provavelmente no mês de setembro. Será a terceira viagem apostólica do Santo Padre à sua terra natal, logo após suas visitas em 2005 para a Jornada Mundial da Juventude em Colônia e aquela realizada em 2006 à Baviera.

Em um comunicado divulgado pela Rádio Vaticano, Dom Zollitsch assinala que “a visita do Santo Padre representará um momento importante na vida do nosso país e da nossa Igreja“.

“Alegra-me que o Santo Padre tenha acolhido o convite do Presidente da República, Christian Wulff, e de nossa Conferência Episcopal”, escreve. O Papa Bento XVI será hóspede das arquidioceses de Berlim e Friburgo e da diocese de Erfurt.

“Sua visita reforçará a Igreja na Alemanha e seu serviço aos homens e à sociedade”. O Papa, indica o comunicado, “sempre seguiu com grande paixão nosso caminho de anúncio da fé e testemunho cristão” e por isso é “uma honra que agora venha entre nós, confirmando assim seu forte esforço pessoal a união com os católicos e todas as pessoas em sua Pátria”.

Para o ano 2011 o Papa Bento XVI já tem programado viajar à Croácia em junho e à Espanha, em agosto, para a Jornada Mundial da Juventude que se celebrará em Madrid.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.