O Papa aos adolescentes da Ação Católica Itália: nenhuma desilusão da amizade com Jesus

(19/12/2011) Como é tradição, o Santo Padre recebeu um grupo de algumas dezenas de crianças e adolescentes da Ação Católica Italiana, para a apresentação de boas festas de Natal. Bento XVI dirigiu-lhes palavras de grande afeto, encorajando-os a viver como verdadeiros cristãos dando testemunho de fé e caridade aos companheiros da sua idade:

“fazei como Jesus, que não deixava ninguém sozinho com os seus problemas, mas acolhia sempre cada um, partilhando as suas dificuldades, ajudando-o e dando-lhe a força e a paz de Deus”.

Evocando o primeiro momento de cada dia, quando têm que se levantar para ir para a escola. momento nem sempre fácil de enfrentar. o Papa convidou os jovenzinhos da Ação Católica Italiana a viverem esse momento do início da jornada, vendo aí uma chamada muito especial. de alguém que nos quer bem.

“há uma chamada de Deus à vida, a serdes rapazes e raparigas cristãos, a iniciar cada novo dia como um seu grande dom para encontrar tantos amigos, como vós, para aprender novas coisas, para fazer o bem e ainda para dizer a Jesus: obrigado por tudo o que me dás”.

A primeira chamada – considerou o Papa – recebe-a cada um com o dom da vida. “Estai sempre atentos a este grande dom (pediu Bento XVI), apreciai-o, sede reconhecidos ao Senhor por ele, pedi-lhe que dê a cada rapaz e rapariga do mundo uma vida alegre: que todos sejam respeitados, sempre, e nunca falte a nenhum o necessário para viver”.

Quase a concluir o encontro com os adolescentes da Ação Católica Italiana, o Santo Padre pediu-lhes que levem aos companheiros este belo convite “levanta, estão-te a chamar”.

“Dizei-lhes: olha que eu já respondi à chamada de Jesus e estou contente por ter encontrado n’Ele um grande Amigo, que encontro na oração, que vejo entre os meus amigos, que escuto no Evangelho”.

Fonte: http://www.radiovaticana.org

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.