O céu é o limite!

adorar1De fato fomos feitos para Deus e para o céu; nada na terra nos satisfaz plenamente, e sempre queremos mais. Um velho professor me dizia que “ser rico não é ter muito, é precisar de pouco”. Esses dias li uma meditação na internet, não sei de quem, que me fez pensar. Começava com uma frase de Confúcio (551aC- 479aC): “Nada é bastante para quem considera pouco o que é suficiente.”

Ele foi um pensador e filósofo chinês do Período das Primaveras e Outonos; sua filosofia defendia a moralidade pessoal e governamental, também os procedimentos corretos nas relações sociais, a justiça e a sinceridade.

A meditação continua assim:

” … 22 pares de sapatos e ela não encontrava um que servisse para aquela festa.

20 ternos e ele estava achando todos um lixo.

Geladeira cheia e o menino batia a porta por não encontrar uma coisa gostosa.100_mensagens

Carro do ano na garagem, mas não sabiam para onde ir.

Casa de luxo na praia, mas estava fechada a mais de meses…

Celular último tipo…

DVD, Karaokê, Notebook, Câmera digital, Vídeo Game In Box, jogos de última geração, e muita, muita insatisfação.

Estamos nos armando de tudo o que é tipo de tranqueira material para suprir o vazio que nada preenche.

Vamos ao supermercado esperando encontrar felicidade nas prateleiras, mas voltamos frustrados, com o carro cheio e a alma vazia.

Por isso a carência afetiva, as doenças nervosas, a violência que se espalha, o consumismo que gera as diferenças sociais tão brutais.

E nada sacia o homem, quanto mais ele acumula, quanto mais possui, mais vazio vai se tornando.

O que falta? Deus. Sem Ele o homem é um desconhecido para si mesmo, um enigma indecifrável, um mistério insondável, disse São João Paulo II.

Aproveite seu dia, busque encontrar Deus pelo caminho, na pessoa que sentou-se ao seu lado no ônibus, no vizinho que você não cumprimenta já faz tempo, no animal abandonado e que você quase atropela, na árvore que seca bem em frente á sua casa, no cidadão deitado no banco da praça, no filho que se embriaga e você nem vê, na filha que sofre a desilusão do primeiro amor e você não sabe.

Leia também: Resposta ao amor de Deus

Tu és a alegria do Senhor teu Deus

Quantos gritam onde está Deus?

Cegos pelo orgulho que não permite ver que Ele nunca se ausentou, sempre esteve na sua vida, no seu dia, na sua família, mas nunca foi chamado, a não ser nas desgraças e nos momentos de dor e sofrimento.

Você convidou Jesus para almoçar com você hoje?

No dia do seu casamento você mandou o primeiro convite para Ele?

Na sua formatura Ele estava presente?em_busca_da_perfeicao

Hoje ao levantar-se você falou com Ele?

Você contou do seu amor, da sua alegria no trabalho?

Você quer saber onde está Deus?

Olhe para a sua vida, como você trata os seus, olhe para a sua casa, reveja suas atitudes diárias.

Os atos falam mais do que as palavras e tudo o que fazemos, são as verdadeiras orações que levamos até Ele”.

Por isso, antes de fazer sua oração repetida, velha e cansada da mesma ladainha, coloque um “fogo novo” na sua vida: convide Jesus para participar de todos os seus momentos, e assim, você será preenchido, saciado, envolvido pelo amor que nunca acaba, pela água que sacia a tua sede, e então, mesmo com muito pouco, serás plenamente feliz, porque Ele veio para que todos tenham vida, e a tenham com abundância.

No Evangelho está a Sua Palavra e vida; na Eucaristia está Sua Presença real, na Igreja está seu Corpo Místico. Procure isso e você encontrará um ideal permanente pelo qual vale a pena viver.

Prof. Felipe Aquino

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.