Notícias Escola da Fé: 01/12/2011

Furto de Hóstia
Segunda passada, na missa das almas, às 19h, na Igreja de Santa Rita de Cássia, no Centro do Rio, o frade que comandava a comunhão desconfiou de três mulheres com marcas de rituais  nos braços, desceu do altar e foi ver se elas haviam posto a hóstia na boca. Uma delas  havia escondido a hóstia no sutiã! — e, por isso, escapou da revista. As outras duas acabaram devolvendo. As moças cumpriam missão dada por uma entidade que frequentam. As três hóstias seriam usadas… num trabalho [ritual].

Fonte: Jornal “O Globo” de 13 de novembro de 2011 (escrito por Ancelmo Goes).

***

34.000 católicos a mais por dia
Revela o relatório anual da “Situação da Missão Global”, realizado em 2011
ROMA, 22/11/2011 (ZENIT.org) – Segundo o relatório anual da “Situação da missão global”, feito em 2011, a Igreja Católica reúne 1 bilhão e 160 milhões de fiéis em todo o mundo e todos os dias mais 34 000 pessoas se tornam parte.
Segundo o relatório anual da “Situação da Missão Global”, feito em 2011, a Igreja Católica reúne 1 bilhão e 160 milhões de adeptos em todo o mundo e todos os dias aderem mais 34 000 pessoas. Os dados do estudo, divulgado pela agência Analisis Digital, afirma que no mundo hoje, existem dois bilhões de pessoas, de um total de sete bilhões, que nunca foram alcançados pela mensagem do Evangelho. Outros dois bilhões e 680 milhões ouviram algumas vezes, ou conhece vagamente, mas não são cristãos.

Cardeal Bertone: ante o laicismo intolerante urge a evangelização
VATICANO, 23 Nov. 11 (ACI) .- O Secretário de estado do Vaticano, Cardeal Tarcisio Bertone, assinalou que a tarefa da Nova Evangelização é urgente especialmente em lugares como a Europa aonde existe um laicismo intolerante, impera o relativismo e a religião enfrenta um ambiente hostil.
O Secretário de estado afirmou  que “na Europa atual é cada vez mais difícil distinguir entre a verdade e o engano e as mentiras. Um certo pluralismo não quer que se distinga entre o bem e o mal”. “Junto a uma sã laicidade existe um laicismo intolerante. O princípio da não discriminação frequentemente é mal utilizado como uma arma no conflito dos direitos para construir uma ditadura do relativismo que tende a excluir a Deus”.

Segundo revista Forbes, o sacerdócio é o “emprego” que traz mais felicidade nos Estados Unidos
Em uma enquete com 2.500 sacerdotes, 92.4% se declararam felizes
Washington (Quarta-feira, 23-11-2011, Gaudium Press) O sacerdócio é o “emprego” que traz mais felicidade nos Estados Unidos. Este foi o resultado da Enquete Geral Social realizada pela National Organization for Research (Organização Nacional para a Pesquisa, em inglês) da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, e publicada recentemente pela revista Forbes:
http://www.forbes.com/sites/stevedenning/2011/09/12/the-ten-happiest-jobs/

A pesquisa foi feita com representantes norte-americanos de diversas profissões. Após os sacerdotes (a organização entrevistou padres católicos e pastores protestantes), os profissionais que se declararam mais felizes com suas ocupações foram os bombeiros; os fisioterapeutas e os escritores; os instrutores de educação especial; os mestres. No que se refere à felicidade sentida pelo clérigos em sua atividade, o resultado da pesquisa norte-americana não é uma novidade. Em uma enquete realizada recentemente junto a 2.500 sacerdotes, o decano associado no seminário e nos programas ministeriais da Universidade Católica da América, Monsenhor Stephen Rosseti, já havia chegado a esta conclusão. No estudo realizado pelo sacerdote, 92,4% dos sacerdotes declararam ser pessoas felizes.
Segundo uma outra enquete feita pelo National Opinion Center (Centro de Opinião Nacional, em inglês), mais de 50% dos americanos se sente infeliz com seu trabalho.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.