Notícias: 25/11/2010 – Parte 1

Fundação
Getúlio Vargas indica que a Igreja é 2ª instituição mais confiável no Brasil

SÃO
PAULO, 18/11/2010 (ACI).-
A Igreja Católica ocupa a 2ª posição no ranking de confiança da população
brasileira nas instituições. O número faz parte do Índice de Confiança na
Justiça (ICJ Brasil), produzido pela Escola de Direito da Fundação Getulio
Vargas em São Paulo
(Direito GV), referente ao 3º trimestre do ano (jul-set). A Igreja Católica
saltou do 7º para o 2º lugar desde a última edição do Índice da FGV.

Na
pesquisa espontânea, 54% das pessoas entrevistadas consideraram a Igreja
uma instituição confiável, atrás apenas das Forças Armadas, que obteve 66% de
confiabilidade. No 2º trimestre (abr-jun), a Igreja ocupava a sétima posição,
com 34%.

O
Judiciário ficou empatado com a polícia (33%) e à frente apenas do Congresso
(20%) e dos partidos políticos (8%).

Comissão
em Defesa da Vida criada na Diocese de Presidente Prudente

BRASILIA,
18/11/2010 (ACI).-
No dia 8 de outubro (Dia do Nascituro) foi criada a Comissão Diocesana em
Defesa da Vida, na diocese de Presidente Prudente (SP). O encontro de criação
da Comissão foi aberto com uma missa celebrada pelo bispo diocesano, Dom
Benedito Gonçalves dos Santos.
Segundo a informação veiculada pela CNBB, o bispo destacou na missa de criação da entidade a figura de São
José como defensor da vida: “A exemplo de José, todos saibamos defender
a vida quando está indefesa e correndo perigos. É preciso promover e defender a
vida demonstrando sempre temor a Deus e em sintonia com o Evangelho de Jesus”

Segundo
Dom Benedito, a finalidade da Comissão é promover e defender a vida. “A sua
missão será reafirmar e defender a vida como importância inegociável”, afirmou
o prelado em declarações reunidas pela CNBB.

Diocese
de Taubaté lançará iniciativa para tornar São Paulo o 1º estado pró-vida do
Brasil

SÃO
PAULO, 18/11/2010 (ACI).-
Segundo algumas fontes pró-vida informaram, o Movimento Legislação e Vida, da
Diocese de Taubaté lançará, dia 27 de novembro, na Catedral de Taubaté, o
projeto de iniciativa popular de emenda constitucional para incluir na
Constituição do Estado de São Paulo o direito à vida como primeiro e principal
de todos os direitos humanos e garantir a inviolabilidade da vida humana,
“desde a concepção até a morte natural”.
O projeto será lançado em nível estadual, porque a Constituição Federal não
aceita emenda constitucional por meio de iniciativa popular. Somente o Estado
de São Paulo permite esta iniciativa, daí porque a Diocese (que já trabalhou
com sucesso para tornar o Município de São Bento do Sapucaí com legislação
pró-vida), trabalhará agora por tornar São Paulo o primeiro estado da Federação
com uma lei que proteja, de modo integral, desde a concepção, o direito à vida
humana.

Clínicas
de fertilidade descartam vidas humanas no Peru, denuncia plataforma pró-vida

Lima,
18/11/2010 (ACI).-
A plataforma cívica PeruDefiendelaVida.com denunciou que as clínicas de
fertilidade que oferecem tratamentos de fecundação assistida descartam vidas
humanas através do diagnóstico genético pré-implantacional (DGP), uma técnica
que separa os embriões segundo polêmicos padrões de qualidade.

Em
sua página Web, a plataforma apresenta vídeos transmitidos por distintos canais
de televisão nos quais peritos locais em fertilidade detalham o “serviço
de descarte” que “oferecem comercialmente a pais desesperados pela
presença de filhos”.
Em uma das reportagens se menciona que com o DGP se busca que os embriões
estejam antes de ser implantados livres de fibrose quística, anemia falsiforme,
síndrome de Down e “logo com a segurança do resultado, os embriões são
implantados no útero da mãe para a gestação”.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.