Natal de solidariedade com cristãos da Terra Santa

Proposta do
cardeal Foley, grão mestre da Ordem do Santo Sepulcro

ROMA,
quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 (ZENIT.org) – Este Natal é uma oportunidade para manifestar
a solidariedade com os sucessores dos pastores de Belém, os cristãos da Terra
Santa, afirma o cardeal John P. Foley, grão mestre da Ordem do Santo Sepulcro
de Jerusalém.

“Nestes
dias, antes do Natal, é fácil lembrar-se da Terra Santa. Nossos pensamentos se
dirigem, espontaneamente a Belém e a Maria e José”, reconhece o purpurado
americano.

“Escutamos
tantas vezes nas Escrituras neste período que quase conseguimos ver o estábulo
onde nasceu Jesus; escutar o canto dos anjos e ver os pastores de joelhos
diante do Menino Jesus”, afirma Dom Foley. A Ordem do Santo Sepulcro, entre
outros fins, ajuda os cristãos dos santos lugares, onde financia 45 escolas com
19 mil jovens de diferentes religiões.

“Mas
quando pensarem nos pastores de Belém, pensem que as pessoas que ajudamos na
Terra Santa são precisamente descendentes daqueles pastores do nascimento de
Jesus. Nós  ajudamos os descendentes dos primeiros seguidores de Cristo e,
alguns deles são, certamente, descendentes dos pastores que adoraram o Menino
Jesus”, acrescenta.

Por este
motivo, o cardeal faz esta proposta para o Natal: “espiritualmente”, “podem
visitar aquele lugar sagrado, o estábulo de Belém e, junto aos pastores, adorar
o Menino Jesus”.

“Podem
pedir paz para sua Terra Santa; a paz e o progresso na santidade para suas
vidas, podem prometer ajudar os primos de Jesus, que vivem atualmente em Belém
e em toda a Terra Santa e que são descendentes dos primeiros seguidores de
Jesus, os descendentes dos primeiros cristãos que viram em Cristo o Emanuel,
Deus-conosco”.

Estes foram
os conselhos que o cardeal Foley deixou na missa de investidura aos novos
membros da Ordem do Santo Sepulcro, na basílica de São João de Latrão, de Roma,
no último 18 de dezembro.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.