Missionária católica assassinada na Índia após 20 anos de trabalho pastoral entre os desfavorecidos

NOVA DELHI, 21/11/2011 (ACI) .- Uma religiosa que se dedicou durante 20 anos à pastoral, especialmente entre os pobres e desfavorecidos, nas tribos do distrito de Pakur, território da Diocese de Dumka, foi assassinada no dia 15 de novembro no estado de Jharhkand (norte da Índia).

Conforme informou a agência vaticana Fides, a Irmã Valsha John, de 53 anos, das Irmãs da Caridade do Jesus de Maria, foi assassinada à noite em sua casa, “em circunstâncias pouco claras”.

Um comunicado enviado à Agência vaticana Fides pelo “Conselho Global de Cristãos da Índia” (GCIC) indicou que “a religiosa foi ameaçada em repetidas ocasiões pelos delinqüentes”, que lhe advertiram de “opor-se ao trabalho de empresas como a Panem Limited”.

A religiosa avisou as autoridades sobre as ameaças, entretanto, “as autoridades estatais, que pertencem aos partidos nacionalistas hindus, ignoraram suas petições de ajuda e deixaram-na sozinha, desprotegida”, assinalou o comunicado.

Como indicaram fontes locais à Fides, há duas hipóteses sobre os responsáveis pelo assassinato: as organizações criminais que apóiam a exploração das tribos e o negócio das empresas de mineração (que pode ter visto na religiosa um obstáculo para seus planos).

A segunda hipótese recairia nos grupos dentro das próprias comunidades indígenas, que se dividem entre favoráveis e contrários a um acordo assinado entre as partes, que a religiosa tinha ajudado a promover.

Mais de 700 fiéis, entre sacerdotes, religiosos, leigos e membros de tribos procedentes dos estados de Jharhkand e Kerala assistiram ao funeral da Irmã Valsha, “uma verdadeira discípula de Cristo”, conforme indicaram fontes locais à Fides.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.