Missão Metropolis reúne 12 capitais europeias

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 23-02-2012, Gaudium Press) A primeira grande iniciativa global do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização é a Missão Metrópolis, que começou ontem, início da Quaresma, em 12 capitais europeias.

O plano do Vaticano para a Nova Evangelização inclui a leitura pública do Evangelho de São Marcos, do Livro das Confissões de Santo Agostinho e de uma vigília penitencial.

O Cardeal Peter Erdö, Arcebispo de Budapeste, explica que já preparou sua arquidiocese para esta missão. Segundo o prelado, “haverá uma jornada penitencial na Catedral de Budapeste com confissões durante todo o dia e em várias paróquias estão sendo feitos trabalhos para chamar a atenção dos jovens para que participem intensamente da missão”.

A Missão Metrópolis acontecerá nas 12 cidades mais importantes dos principais países da Europa, entre elas, Barcelona, Lisboa, Bruxelas, Dublin, Liverpool, Paris, Turin, Varsóvia, Viena e Budapeste.

A originalidade desta missão consiste em um “sinal que é comum e simultâneo” nas grandes dioceses europeias, segundo o presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização, Dom Rino Fisichella. “É uma primeira resposta ao que o Papa pedia precisamente em nossa primeira reuniåo da plenária, quer dizer, superar as ações fragmentárias e dar sinais de unidade”.

O prelado disse ainda que “o nome de Missão Metrópoles foi dado porque estiveram conosco diversos cardeais e bispos de cidades europeias para concordarmos conjuntamente como dar resposta à nova evangelização, na situação de crise em que se encontra a Europa”.

Esta missão propõe dar uma contribuição para o próximo Sínodo, em 2012, dedicado precisamente à nova evangelização. Neste sentido, Dom Fisichella destaca que a “Missão Metrópolis pretende ser um sinal concreto de que grandes cidades, grandes dioceses da Europa, proporão ao Sínodo dos Bispos já como um projeto comum que poderá ser partilhado”.

Além disso, essa missão segue as pegadas dos sínodos sobre a Europa celebrados em 1991 e em 1999 e do documento de João Paulo II Ecclesia in Europa.

A principal tarefa do conselho pontifício para a nova evangelização consiste precisamente em promover uma renovada evangelização nos países onde se vive uma progressiva secularização da sociedade e uma espécie de, em palavras do Papa, “eclipse do sentido de Deus”. (LB)

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.