Médicos católicos afirmam: Não existe “pílula do dia seguinte” sem efeito abortivo

imagesNesta quarta-feira (27 de fevereiro de 2013), o site ACIDIGITAL publicou uma notícia informando que José María Simón Castellví, presidente da Federação Internacional de Associações Médicas, deixou claro que “não existem essas supostas pílulas do dia seguinte sem efeito abortivo das que falam os bispos alemães”. E acrescentou que “a pílula do dia seguinte tem um efeito abortivo” e que não têm conhecimento de nenhum novo preparado “com princípios ativos alterados” tal como falaram alguns prelados alemães.

“Ao contrário, recentemente estudamos estes temas e publicamos um documento -acessível em nossa página Web, com um estudo de mais de 100 páginas- que recolhe dados novos, como que os novos fármacos pós-coitais, quanto menos efeitos secundários tenham, com doses mais ajustadas, mais riscos têm de provocar efeitos anti-implantatórios, quer dizer, abortivos”, ressaltou o médico.

Dr. Castellví também lamentou que os bispos alemães não tenham consultado a federação (FIAMC):

“É lamentável, porque nosso recente documento de 100 páginas sobre a defesa da vida humana no âmbito médico o escrevemos e apresentamos originalmente em alemão. Além disso, organizamos um grande encontro internacional faz umas semanas na Alemanha sobre a atenção católica ao doente, e exceto o Cardeal Marx e algum mais, ali não havia bispos”.

“Estávamos disponíveis e ninguém nos consultou. Não entendo que um episcopado atue assim, e que também tenham evitado a Pontifícia Academia para a Vida, que está para isso, para consultá-la. Tenho que pensar que foram manipulados”, expressou.

Do mesmo modo, disse que a assistência “a mulheres abusadas nos hospitais católicos, sem dúvida, deve ser a melhor, mas não com pílulas pós-coitais”, pois “como vimos são abortivas”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=24956

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.