Londres sediará evento sobre perseguição aos cristãos

Catedral de Westminster

Londres, sexta-feira 11 de maio de 2012 (Gaudium Press) – “A Noite do Testemunho”, evento que busca conscientizar o ocidente sobre a perseguição religiosa sofrida pelos cristãos em diversas partes do mundo, será realizado na Catedral de Westminster, principal templo Católico de Londres, na Inglaterra, no próximo dia 17 de maio.

De responsabilidade da Fundação Pontifícia Internacional Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), o evento consiste na reprodução de canções de reconhecidos músicos católicos, leituras, e depoimento solidários a cristãos perseguidos em países como a Índia, Paquistão, Iraque, Egito e Nigéria.

“A Noite do Testemunho” terá início com uma missa celebrada pelo presidente do Departamento de Assuntos Internacionais da Conferência de Bispos Católicos da Inglaterra e Gales, Dom Delcan Lang. Participarão também do evento, o arcebispo de Karachi, no Paquistão, Dom Joseph Coutts, e o bispo de Luxor, no Egito, Dom Joannes Zakaria. Eles farão importantes discursos a respeito da situação do católicos em seus respectivos países.

Um importante testemunho previsto para ser dado durante o evento é o de Stephen Anjum, um cristão paquistanês, cuja esposa, Thomesena, foi vítima de um disparo dado por extremistas que alegaram que o filho do casal havia insultado o profeta Maomé.

Segundo Anjum, as pessoas no Reino Unido e em outras partes do ocidente simplesmente não conhecem a magnitude dos problemas enfrentados no país dele. “Necessitamos um maior apoio moral, para que o povo no meu país possa estar a salvo da violência e a intimidação”, disse

Estudo da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS)
Será lançado também no dia 17 de maio um estudo realizado pela a Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) intitulado “Cristãos e a luta pela Liberdade Religiosa”.

O trabalho analisa a importância da luta contra a perseguição religiosa, e descreve incidentes de violência e intimidação em muitos dos países mais perigosos para a prática cristã.

O prefácio do relatório foi escrito Dom Delcan Lang, que, em determinada parte do texto, afirma que “aqueles cristãos que enfrentam a constante violência, especialmente em partes da Ásia, África e o Oriente Médio, mostram um valor extraordinário que deveria servir como inspiração àqueles que como nós não enfrentamos esses perigos, mas ainda assim estamos chamados a dar testemunho de nossa fé”. (BD/JS)

Com informações da Rádio Vaticano.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.