Jornal conta a história do missionário italiano que batizou e guiou na fé o Papa Francisco

jorgbergoglioprimercomunionO site ACI informou nesta sexta-feira (12/07/13) que o jornal italiano Il Cittatino, resgatou a história do Padre Enrico Pozzoli, o missionário salesiano que batizou em 1936 ao pequeno Jorge Mario Bergoglio.

Segundo a notícia,em um artigo jornalístico, o jornal apresenta vários fatos da vida de Jorge Mario Bergoglio e relata que seu batismo foi celebrado em Buenos Aires durante a noite de Natal, na pia batismal da Basílica Maria Auxiliadora e São Carlos de Buenos Aires, onde hoje expõe com orgulho um pequeno quadro com a cópia do certificado de batismo do primeiro pontífice argentino da história.

Cita o artigo, que o mesmo Papa Francisco explicou sua relação com o missionário salesiano em uma carta escrita em 20 de outubro de 1990 ao sacerdote salesiano Cayetano Bruno: “Hoje faz 29 anos da morte do Padre Enrico Pozzoli e celebrei recentemente uma Missa por ele, que me batizou em 25 de dezembro de 1936”, diz a missiva.

O Pe. Pozzoli morou na Argentina desde 1906 até sua morte, em 20 de outubro de 1961. Nasceu em novembro de 1880 em Senna Lodigiana, um pequeno povoado italiano próximo à ribeira do rio Po, e abandonou a Itália sendo um jovem sacerdote.

O missionário “nunca teria imaginado que entre os fiéis que confiavam no seu acompanhamento estivesse também um futuro Papa e que sua semente tivesse dado um fruto tão célebre… não fez somente nascer a fé no futuro Papa Francisco, mas o acompanhou no seu crescimento cristão e foi seu pai espiritual até os 17 anos, quando amadureceu a vocação sacerdotal”, adiciona o jornal italiano.

Da Argentina, o Pe. Pozzoli costumava escrever cartas para sua Itália natal a seus sobrinhos, onde explicava seu dia a dia entre imigrantes italianos e os nativos de Pampa. Também enviava fotografias que tirava em Buenos Aires e a Terra de Fogo, e atrás, anotava os quilômetros percorridos em cada viagem.

Segundo o artigo, o Pe. Pozzoli também cuidou da saúde do jovem Bergoglio, e foi precisamente ele quem o animou a subir às montanhas de Tandil -ao sul de Buenos Aires-, para que se recuperasse da grave infecção nas vias respiratórias que o deixaria sem uma parte do pulmão direito.

Agora os atuais vizinhos de Senna Lodigiana -o povoado que viu nascer o Pe. Pozzoli-, celebram saber que um patrício seu batizou ao sucessor de Pedro, o Papa Francisco.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=25704

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.