“Jamais nos esqueçamos que o verdadeiro poder é o serviço”, assim afirmou o Papa Francisco em sua homilia de posse

Papa-Francisco-bênção-480x270O site Canção Nova notícias divulgou nesta terça-feira (19 de março de 2013) as palavras do Papa Francisco na primeira missa de seu pontificado.

Sua homilia foi dedicada às virtudes atribuídas a São José, patrono da Igreja, em virtude da celebração litúrgica de sua festa, enfatizando que também os fiéis devem seguir seu exemplo de prontidão, disponibilidade, humildade e de total fidelidade. Assim afirma o Papa Francisco: “Deus não deseja uma casa construída pelo homem, mas quer a fidelidade à sua Palavra, ao seu desígnio”.

Papa Francisco também fez um apelo aos que ocupam cargos de responsabilidade em âmbito econômico, político ou social, a todos os homens e mulheres de boa vontade. “Sejamos ‘guardiões’ da criação, do desígnio de Deus inscrito na natureza, guardiões do outro, do ambiente; não deixemos que sinais de destruição e morte acompanhem o caminho deste nosso mundo!”.

Por fim, Francisco falou do início do seu ministério como novo Bispo de Roma, Sucessor de Pedro, que inclui também um poder. Explicando qual é esse poder, o Papa mencionou o convite de Jesus Cristo a Pedro: apascenta as minhas ovelhas.

Leia sua homilia na íntegra: Homilia de posse do Papa Francisco

Fonte: http://papa.cancaonova.com/homilia-de-posse-papa-francisco/

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.