Igreja no Brasil se mobiliza para ajudar os danificados das chuvas na região sudeste

BRASILIA,
14 Jan. 11 / 04:25 pm (ACI).- Após as chuvas na Região Serrana do Rio de Janeiro
que vem deixando cerca de 14 mil pessoas sem casas, a Igreja no Brasil vem
lançando diversas iniciativas para ajudar as vítimas das enchentes e
deslizamentos que começaram no domingo, 9. Já foram registradas mais de 500
mortes no balanço divulgado pelas prefeituras, Polícia Civil e Corpo de
Bombeiros no que alguns meios vêm considerando o desastre natural com o maior
saldo de mortos e desabrigados na história do Brasil.

Juntamente com a Cáritas Brasileira, a CNBB lançou, nesta quinta-feira, 12, a Campanha “SOS SUDESTE”,
com o objetivo de arrecadar dinheiro que será doado às regiões atingidas pelas
chuvas. O presidente da Cáritas, Dom Demétrio Valentini sugere que no dia 30 de
janeiro, todas as dioceses façam uma coleta em favor das vítimas das chuvas.

Da mesma forma, segundo a informação da CNBB, o arcebispo de São Paulo (SP), o
cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, deu início à campanha “Apelo à solidariedade
em favor das vítimas da catástrofe na Região Serrana do Rio de Janeiro”,
através da Cáritas São Paulo. As ajudas serão encaminhadas às Cáritas das
dioceses de Petrópolis e Nova Friburgo, localizadas nas áreas atingidas pela
tragédia das cuhvas.

O arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, nesta quinta-feira, 13,
salientou que as dioceses de Petrópolis e Nova Friburgo, e também a Cáritas
Metropolitana, estão se mobilizando para atender as vítimas das chuvas. Através
da Cáritas arquidiocesana, a arquidiocese do Rio já enviou R$ 20 mil para as
dioceses de Nova Friburgo e Petrópolis e uma tonelada de roupas para
Teresópolis.
O vigário geral da diocese de Petrópolis, monsenhor Paulo Daher, disse que os
60 párocos das 44 paróquias da diocese – que abrange o município de Teresópolis
– estão mobilizados para acolher desabrigados e disponibilizar espaços nas
igrejas para recepção de corpos.

Já a Cruz Vermelha do Rio está recebendo donativos para os desabrigados na sede
da entidade, na Praça Cruz Vermelha, nº 10, no Centro do Rio. Os itens de maior
necessidade são: água mineral, alimentos de pronto consumo (massas e sopas
desidratadas, biscoitos, cereais), leite em pó, colchões, roupa de cama e de
banho e cobertores.

Segundo o Ministério da Saúde, mais de 7 toneladas de medicamentos e insumos
estão sendo enviadas ao estado do Rio de Janeiro. São 30 kits compostos por
antibióticos, antiinflamatórios, antiparasitários, analgésicos, antitérmicos,
anti-hipertensivos, ataduras, esparadrapos, luvas, máscaras, cateteres e
seringas, capazes de suprir 45 mil pessoas por um período de um mês.

Com o objetivo de atender aos feridos pela tragédia, o Instituto Estadual de
Hematologia do Rio de Janeiro (Hemorio) iniciou uma campanha para doação de
sangue. O Hemorio fica na Rua Frei Caneca, 8, no centro da capital fluminense,
e funciona das 7h às 18h, todos os dias, inclusive sábados, domingos e
feriados. Para mais informações ou dúvidas, o telefone do Hemorio é
0800-282-0708.

Para doações em dinheiro:

Campanha “SOS Sudeste”(CNBB e Cáritas Brasileira)
Caixa Econômica Federal (CEF)
Agência 1041 – OP. 003
Conta Corrente 1490-8

ou
Banco do Brasil
Agência 3475-4
Conta Corrente 32.000-5.

Cáritas da arquidiocese de São Paulo
Banco Itaú
Agência 7657
Conta Corrente 10.834-1

Cáritas da arquidiocese do Rio de Janeiro
Banco Bradesco
Agência 0814-1
Conta 48500-4

“SOS Serra” (Diocese de Petrópolis)
Banco Bradesco
Agência 4014
Conta 11.4134-1

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.