Governo israelense busca ampliar financiamento à prática do aborto

ppaborto200114O Site ACI/EWTN Noticias informou nesta terça-feira (21/01/14) que o governo do Israel, através do ministério de Saúde do país, planeja ampliar a cobertura de pagamentos de abortos a mulheres entre 20 e 33 anos em 2014, conforme informa o jornal local Times of Israel.

O projeto original apresentado por um comitê do ministério de Saúde, presidido por Jonathan Halevi, procurou originalmente financiar o aborto de todas as mulheres em Israel, mas por limitações no pressuposto se viram obrigados a criar um limite de idade.

De acordo à imprensa local, pagar os abortos das mulheres nesta faixa etária custará ao redor de 4,5 milhões de dólares ao Estado.

Estima-se que ao ano em Israel realizam-se 40 mil abortos, com uma das legislações mais liberais no mundo ocidental.

Embora o código penal do país estabeleça que o aborto é um crime que suporta uma condenação de até cinco anos de prisão, também admite numerosas circunstâncias que permitem que se realizem abortos legais, incluindo bem-estar emocional e econômico.

Por isso, conforme informa a imprensa local, a aprovação de uma solicitação de aborto é quase automática se a mulher for menor de 17 ou maior de 40 anos.

Também aplicam facilmente casos de violência sexual, incesto ou relações extra-matrimoniais, assim como casos nos quais a saúde física ou mental se encontra em suposto perigo ou se o bebê no ventre foi diagnosticado com alguma doença congênita.

Adicionalmente, o exército provê pelo menos um aborto gratuito a cada mulher desde que o solicite.

A proposta do comitê será apresentada ao Conselho de Saúde, organismo assessor do ministério de Saúde, em 22 de janeiro.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=26584

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.