Governo incentiva lei para que as grávidas recebam ajuda e não abortem

O Grupo ACI/Europa Press divulgou nesta quinta-feira 23 de agosto de 2012, que o Governo Espanhol irá impulsionar a elaboração de uma lei que busca atender às mulheres grávidas em situação de vulnerabilidade, com o objetivo de “ajuda-las” neste processo e que optem por não abortar, embora sempre “respeitando a liberdade” de decisão das mulheres, conforme revelou Direito a Viver.

Esta Lei Mais Vida pretende dar proteção e ajuda às mulheres em situação de vulnerabilidade ante uma gravidez problemática ou de risco.

Neste sentido, Juan José Tenorio, o porta-voz de Direito a Viver em Baleares, indicou que os problemas que as mulheres grávidas enfrentam podem ser tanto os econômicos, como os problemas resultantes de sua “idade ou circunstâncias sociais”.

Por isso, pediu “ajuda da sanidade e do âmbito da sociedade civil” para que estas pessoas possam receber uma atenção para “salvar sua gravidez e que não abortem, tendo presente que se deve respeitar a liberdade da mulher”.

Esta lei, conforme disse, incluiria também ajuda econômica para estas mulheres, embora “não seja toda a ajuda que gostaríamos de dar”, concluiu.

Leia a notícia na íntegra: Governo impulsiona lei para que as grávidas recebam ajuda e não abortem

Fonte: ACIDIGITAL

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.