Governo do Brasil garante segurança para a JMJ Rio 2013

1jmjO site ACI informou nesta terça-feira (25/06/13) que a Presidente do Brasil Dilma Roussef,  recebeu a presidência da CNBB e garantiu aos bispos que haverá segurança para a realização da JMJ no Rio de Janeiro.

Segundo o site da CNBB, o encontro durou cerca de 45 minutos e discutiram a visita do Papa ao Brasil e a Jornada Mundial da Juventude.

O Cardeal Damasceno entregou à presidente uma nota do Episcopado brasileiro sobre as manifestações que ocorrem no país.

Segundo a Agência Brasil, citada pelo site do Episcopado brasileiro, a Presidente Roussef garantiu a segurança para a JMJ e assinalou que “é missão do Estado, do município, do próprio governo estadual dar garantia a todos os cidadãos que vêm ao Brasil”.

Calcula-se que aproximadamente 2 milhões de pessoas chegarão ao Brasil para participar deste encontro.

O Cardeal Damasceno disse aos jornalistas, pouco antes da reunião com a Presidente, que a programação da JMJ se manterá conforme o estabelecido.

“Não estou preocupado. Tudo está correndo normalmente, não vamos fazer nenhuma modificação, tanto na programação quanto na data. Os governos têm a missão, a tarefa de guardar a segurança daqueles que vão participar da jornada. Temos certeza de que jovens que virão serão muito bem acolhidos”, afirmou o cardeal.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=25611

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.