Fundação Ratzinger criará “prêmio Nobel de Teologia”

Busca
incentivar a investigação teológica

CIDADE DO
VATICANO, segunda-feira, 29 de novembro de 2010 (ZENIT.org) – A fundação vaticana Joseph Ratzinger-Bento XVI
anunciou, na última sexta-feira, a criação do “Prêmio Ratzinger”, um “prêmio
Nobel de Teologia”. O anúncio foi feito pelo presidente do comitê científico da
fundação, o cardeal Camillo Ruini, antigo bispo vigário da diocese de Roma.

Este
organismo foi apresentado numa conferência de imprensa na Santa Sé.
Participaram do evento, além de Dom Ruini, Dom Giuseppe Antonio Scotti,
presidente da fundação, e o Pe. Stephan Otto Horn, S.D.S, presidente de uma
fundação análoga que atua de maneira autônoma em Munique, desde 2004.

A Fundação
Vaticana Joseph Ratzinger, cuja sede se encontra na via da Conciliação, número
5, junto ao recém criado Pontifício Conselho para a Nova Evangelização, irá
promover a pesquisa e o estudo do pensamento do professor Joseph Ratzinger,
além de organizar congressos científicos e premiar estudiosos destacados por
sua investigação teológica.

Além do
cardeal Ruini, formam o comitê o secretário de estado vaticano, cardeal
Tarcisio Bertone; o prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, cardeal
Angelo Amato; Dom Jean-Louis Bruguès, secretário da Congregação para a Educação
Católica e Dom Luis Francisco Ladaria, secretário da Congregação para a
Doutrina da fé.

Para Dom
Scotti, presidente da fundação, é necessário que os especialistas em Teologia
tenham “a humildade de escutar as respostas que nos dá a fé cristã”, além “da
humildade de perceber a racionalidade destas respostas e torná-las acessíveis a
nosso tempo e a cada um de nós”.

“Assim, não
somente se constitui a universidade mas também se ajuda a humanidade a viver”,
observou o prelado.

Já o
cardeal Ruini assegurou que a fundação não pretende ser “um órgão de governo”,
mas sim “de direção”: “orientar as atividades da fundação a níveis absolutos de
excelência”.

Este novo
organismo trabalha em colaboração estreita com a “Joseph Ratzinger Papst
Benedikt XVI. – Stiftung”, criada em 2004 na Alemanha, e que busca
organizar iniciativas de valor cultural e científico.

Outras
instituições que manifestaram interesse em colaborar com esta nova iniciativa
são o instituto Bento XVI, de Ratisbona, cujo fim é editar todos os escritos de
Ratzinger; e a fundação Heimathaus, de Marktl.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.