Filme sobre São Felipe Néri estreia na Espanha

Um filme intitulado “Prefiero el Paraíso” estreará neste sábado, 19, na cidade de Burgos.

Burgos (Quarta-feira, 16-05-2012, Gaudium Press)Película, que conta a vida de São Felipe Neri, foi idealizada inicialmente como uma mini série, sendo apresentada na Rádio-televisão italiana (RAI). Em sua estreia na televisão a mini série foi assistida por seis milhões de espectadores.

Agora em versão resumida, com apenas 115 minutos, ela será apresentada nos cinemas espanhóis com o objetivo de também alcançar o mesmo êxito.

“Sede bons, se podeis” se converteu na proverbial expressão do Santo da alegria, São Felipe Neri.

O Santo nasceu em Florença no ano de 1515, vivendo em Roma por mais de 60 anos. Foi chamado de segundo apóstolo de Roma.

A Igreja vivia em um período conturbado naquela época, tendo sido organizado o Concílio de Trento e a Contra-reforma. Mas nada disso desmotivou São Felipe a formar os mais jovens com ternura, aproximando-os da Liturgia através de músicas e jogos em um local que no futuro tornou-se o Oratório, assim que a Congregação foi proclamada oficial pelo Papa Gregório XIII em 1575.

São Felipe Neri foi amigo de Santo Inácio de Loyola e de São Carlos Borromeo, durante sua longa vida.Um dia lhe perguntaram se ele desejaria ser nomeado cardeal. Sua resposta foi imediata: “Prefiro o Paraíso”. (EPC)

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.