Filipinas: Católicos rezam e jejuam para que governo não aprove lei pró-aborto

O site de notícias Gaudium Press, informou nesta terça-feira (04 de dezembro de 2012), que a população católica nas Filipinas está passando por momentos difíceis, uma vez que o Presidente Benigno Aquino juntamente com membros da Câmara dos Deputados que fazem parte de sua coligação política estão articulando uma votação para logo aprovarem uma lei sobre saúde reprodutiva, na qual seria introduzido o aborto no país.

Segundo os procedimentos legais locais, antes de ser aprovada a lei, ela deve passar ao menos 3 vezes pela assembleia, contudo, segundo informações da Agência Fides, o Presidente pretende aprovar esta lei antes ainda que encerre seu mandato.

Ante a esta situação, Dom Gabriel Reyes, Bispo da Igreja de Antipolo, propôs aos cristãos desta região que rezassem e jejuassem afim de que não se concretizasse a aprovação desta lei.

Segundo a notícia, “o diretor do movimento pró-vida Human Life International nas Filipinas informou que a mobilização contra o projeto de lei continuará a ser feita nos níveis político, social, cultural e espiritual, através de vigílias de oração em todas as dioceses”.

Fonte: http://www.gaudiumpress.org/content/42447-Catolicos-filipinos-rezam-e-jejuam-para-que-lei-pro-aborto-nao-seja-legalizada-no-pais

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.