Fiéis receberão indulgência plenária em visita a Catedral de Lorena

A Diocese de Lorena, no interior de São Paulo, celebrou com grande festa a abertura do Ano Jubilar em comemoração aos 75 anos de sua criação, a ser completado em 2012…

A cerimônia foi presidida pelo bispo diocesano, Dom Benedito Beni dos Santos, e contou com a presença do fundador da Comunidade Canção Nova, monsenhor Jonas Abib, cerca de 70 sacerdotes, 20 diáconos e 50 seminaristas.

Dom Beni destacou que em todos esses anos “muitos bons frutos” surgiram na diocese e pediu a Deus que “nos conceda sua graça e nos ajude a viver um tempo santo, de renovação espiritual, reconciliação e crescimento da fraternidade em nossa Igreja Particular”.

“Que seja um tempo de santificação para os cristãos da diocese”, pediu Dom Beni.

De acordo com o Decreto Episcopal lido na cerimônia, todos os fiéis que visitarem a Catedral Nossa Senhora da Piedade, em Lorena, durante o Ano Jubilar, receberão a indulgência plenária.  Para conceder tal graça, a Igreja pede que os fiéis tenham recebido a confissão sacramental recentemente, participem da Comunhão Eucarística (na Santa Missa), e rezem um Pai Nosso e uma Ave Maria pelas intenções do Papa.

O encerramento do Ano Jubilar está marcado para o dia 15 de agosto de 2012 – dia de Nossa Senhora da Piedade, padroeira da Diocese.

Após a cerimônia, todos os presentes participaram da ordenação sacerdotal de quatro diáconos: Júlio Cezar de Jesus Monteiro, Tiago Augusto Pereira Veturiano, Valdinei Rosa Teodoro e Vilmar Adriano Zandoná.

A Diocese de Lorena foi criada em 31 de julho de 1937, pelo Papa Pio XI. Até então a cidade pertencia à Diocese de Taubaté (SP).

Além de Lorena, fazem parte da diocese, as cidades de Areias, Bananal, Cachoeira Paulista, Cruzeiro, Cunha, Campos de Cunha, Embaú, Pinheiros, Piquete, Queluz, São José do Barreiro e Silveiras.

***

Kelen Galvan
Da Redação CN

31 de julho de 2011

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.