Famosa modelo participa em campanha pró-vida e contra o aborto na Argentina

Buenos Aires, 04 Jul. 11 / 11:21 am (ACI) A conhecida modelo argentina Natalia Fassi emprestou sua imagem para a exposição contra o aborto titulada “Maldita decisão”, que se realiza hoje (4) no Museu Parlamentario Domingo Faustino Sarmiento e onde se apresentam 40 gigantografias a favor dos não-nascidos.

Conforme informou esta sexta-feira a agência AICA, pessoas próximas da modelo afirmaram que “é a primeira vez que uma celebridade dispõe sua imagem para uma campanha assim, sobre tudo porque o faz durante uma gravidez de verdade. Ela está muito contente com esta campanha que luta a favor da vida”.

Fassi gerou críticas da imprensa secular e de setores minoritários a favor do aborto logo que em sua conta de twitter apresentasse sua foto com oito meses de gravidez, com a palavra “vida” escrita no ventre e duas seringas que se injetam. A imagem está acompanhada pela frase “maldita decisão”.

A deputada Cynthia Hotton destacou o apoio da modelo à exposição organizada por jovens cristãos. Ela destacou “a maneira tão criativa de defender a vida” e que seja uma futura mãe quem protagoniza a campanha.

Nesse sentido recordou que “o aborto é uma prática que prejudica física e psicologicamente a mulher e traz conseqüências que em muitos casos são irreversíveis”.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.