Família é instituição que mais sofre, afirma bispo mexicano

Dom
Gasperín afirma que existe uma “conspiração” contra elaQUERÉTARO,
terça-feira, 22 de fevereiro de 2011 (ZENIT.org El Observador) – Por ocasião dos recentes ataques que a
família está sofrendo em países como o México e outros da América Latina, o
bispo de Querétaro, Dom Mario de Gasperín, refletiu sobre o tema, listando
cinco pontos que, em sua opinião, são essenciais para compreender e valorizar a
família a partir de uma perspectiva cristã e como uma instituição natural,
querida por Deus.

O primeiro
aspecto é que a família, “segundo o desígnio de Deus, é formada por pai,
mãe e filhos. É chamada de tradicional, mas seria melhor chamá-la de normal.
Não existe família completa sem pai nem mãe, e toda criança tem o direito de
ter um pai e uma mãe que lhe ofereçam calor e carinho”.

Em segundo
lugar, afirmou, “como a paternidade divina é a origem da paternidade
humana, a missão dos pais é prolongar a presença de Deus no lar, o que
significa dar amor e comunicar a vida. Aquele que honra seus pais também honra
a Deus e merece a bênção do Senhor. Os filhos devem corresponder ao amor dos
seus pais com a obediência e a gratidão”.

O terceiro
aspecto é que os filhos “são o fruto mais precioso do amor dos pais, quem,
dando-lhes a vida, também devem comunicar-lhes a fé, que é a vida de Deus. Os
filhos aprendem o amor de Deus com seus pais, no lar. A família é uma escola de
amor, de vida e de fé, que são os três pilares que sustentam a vida cristã da
família”.

Finalmente,
afirmou que formar uma família unida e estável “é uma grande tarefa que os
pais recebem no dia em que se casam pela Igreja. Esta é a sua principal vocação
e missão neste mundo. Disso deverão prestar contas diante de Deus, e nisso
estará seu prêmio e sua salvação”.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.