Exposição revela os Arquivos Secretos do Vaticano

Museus Capitolinos abrem exposição “Lux in Arcana” em 1º de março

ROMA, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012 (ZENIT.org) – Um evento único na história da Igreja: a partir de 1º de março até 9 de setembro, ficará aberta para visitação a mostra Lux in Arcana: O Arquivo Secreto do Vaticano se revela.

Uma centena de códigos, pergaminhos, arquivos, registros e manuscritos serão temporariamente transferidos do Arquivo Secreto Vaticano para os Museus Capitolinos, em Roma. Os documentos cobrem a história desde o século VIII até o XX.

Esta será a primeira vez, e talvez a única, que esses documentos secretos vão cruzar as fronteiras do Vaticano. A exposição Lux in arcana, organizada por ocasião do quarto centenário da fundação do Arquivo Secreto Vaticano, tem como objetivo explicar e dizer o que é e como funciona o Arquivo dos Papas, ao mesmo tempo em que “torna visível o invisível” e abre acesso a algumas das maravilhas que até o momento estavam custodiadas em cerca de 85 km lineares de estantes.

Entre os documentos de época que poderão ser vistos, está o manuscrito em que Galileu Galilei abjurou das suas teorias, aceitando a condenação da Igreja (1633); o Privilegium Ottonianum, com que o Imperador Otto I da Saxônia se comprometeu a defender o pontífice de eventuais ataques e agressões (962); a excomunhão de Martinho Lutero (1520); a carta em que o papa Celestino V fez a “grande recusa”, renunciando ao papado (1294); o dogma da Imaculada Conceição, assinado por Pio IX (1854), entre outros muitos.

O olhar do visitante passará através dos tempos, encontrando figuras históricas tão diversas como Wolfgang Amadeus Mozart (de quem está exposta a decoração pontifícia), Abraham Lincoln (com o discurso que encerrou a escravidão nos Estados Unidos) e Napoleão Bonaparte (será exposto o Tratado de Tolentino, que obrigou o papa Pio VII a entregar manuscritos valiosos e importantes obras de arte).

A Lux in arcana é realizada em colaboração com organismos como o Departamento de Assuntos Culturais e do Centro Histórico e a Superintendência do Patrimônio Cultural de Roma.

A exposição estará aberta todos os dias, exceto às segundas-feiras, das 9h às 20h.

O ingresso integrado Museu + Exposição custará 12 euros na versão inteira, mas há descontos e gratuidades previstas. A gratificação é concedida, por exemplo, a crianças menores de 6 anos, a grupos de escolas de ensino fundamental e médio, a portadores de necessidades especiais e ao seu respectivo acompanhante, além dos usuários de passes como o RomaPass e o Roma&Più Pass.

 Mais informações e reservas no site www.luxinarcana.org

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.