Europa: Iniciativa popular pode frear pesquisas com embriões humanos

celulas-tronco-embrionarias-56635O site ACI (04/06/13) informou que os deputados Jaime Mayor Oreja e Adolfo Suárez Illana apoiaram a apresentação da iniciativa popular europeia “Um de nós”, que tende a impedir o financiamento de pesquisas que suponham a destruição de embriões humanos, uma vez que, de acordo com os promotores, “demonstrou-se pela ciência que existem alternativas respeitosas com a vida”.

Entre as 500 personalidades que, segundo ‘Um de nós’ (‘One of us’, na versão inglesa para o conjunto de países da Europa), também apoiam esta iniciativa popular se encontra o toureiro Juan José Padilla, a jornalista Isabel Durán ou o secretário geral da Real Academia de Jurisprudência, Rafael Navarro Valls, que advogou por “reencontrar-se com as raízes mais profundas da Europa”.

O eurodeputado Jaime Mayor Oreja ressaltou que a Europa enfrenta um “debate crucial” do ponto de vista cultural mais que ideológico, e que,  “De todos os adversários, o pior é o que não tem siglas”, disse antes de sustentar que o “medo ao que dirão é pior que o medo físico”. Os promotores de “Um de nós”, como Adolfo Suárez Illana, defenderam que o mais progressista é defender a vida. “Há quem oferece atalhos à vida”, disse em referência ao aborto e à eutanásia, “mas nunca pode ser identificando-se com o progresso e a democracia”.

Mónica López Barona, membro do Comitê Diretor de Bioética do Conselho da Europa, assegurou que do ponto de vista da ciência se sabe “com certeza que desde o momento em que um espermatozoide fecunda um óvulo temos vida”. “Hoje sabemos”, continuou, “que pesquisar com células embrionárias não tem sentido terapêutico”.

Tanto López Barona como Nicolás Jouve, catedrático de Genética, destacaram a “inutilidade” de realizar pesquisas com embriões humanos tendo em conta que já existem “alternativas”. Jouve citou expressamente os trabalhos com células mães não embrionárias premiados com o Prêmio Nobel de Medicina.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=25500

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.