EUA: Sacerdotes cada vez mais jovens

21% de participação na JMJ antes de entrar no Seminário

WASHINGTON, D.C., segunda-feira, 9 de maio de 2011 (ZENIT.org) – Mais da metade das ordenações nos EUA, em 2011, é de jovens com idades compreendidas entre 25 e 34 anos, o que demonstra que há uma forte tendência entre os homens jovens a se tornarem sacerdotes.

A Conferência Episcopal dos EUA publicou as estatísticas deste ano. As ordenações de sacerdotes jovens crescem pelo quinto ano consecutivo.

333 ordenando foram entrevistados, de um total de 480, que foram ordenados em suas dioceses ou para ordens religiosas durante este ano.

O Centro de Pesquisa Aplicada no Apostolado (CARA, sigla em inglês), da Universidade de Georgetown, que realizou a pesquisa, destaca que 69% se consideram descendentes de europeus, caucasianos e americanos, enquanto que 15% são hispânicos, e 10%, asiáticos e das ilhas do Pacífico.

A maioria é católica desde a infância. 8% entraram na Igreja mais tarde. Cerca de um terço dos que se ordenaram tem um parente sacerdote ou religioso. Mais da metade tem mais de dois irmãos; um quarto tem cinco ou mais irmãos.

O relatório também destaca que 21% dos que se ordenaram participaram da Jornada Mundial da Juventude antes de entrar no Seminário.

Oração

A isso se acrescenta que 70% do total é assíduo na oração regular do Rosário, e 65% participavam da Adoração Eucarística antes de entrar no Seminário.

A média de idade na qual os pesquisados começaram a sentir sua vocação é 16 anos. Para 66%, foi um sacerdote quem alentou a considerar o sacerdócio.

71% contaram ter sido estimulados em seu discernimento vocacional por um amigo, padre, avô, parente ou fiel da paróquia, enquanto que a metade também informou ter sido desanimado por alguém.

Os passatempos ou atividades extracurriculares mais habituais são: música (73%), leitura (67%), cinema (62%), futebol (41%).

O grupo deste ano inclui um homem surdo de nascimento, vários refugiados provenientes do Vietnã, veteranos militares e ministros convertidos de outras religiões.

Na internet, informe completo: http://www.usccb.org/vocations

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.