Ele tem 100 anos e ela 95: Têm 75 anos de casados e compartilham a chave do êxito

C4nZrncXAAATSsBSegundo o site ACI Digital (15/02/2017), Eulogio e Martina estão casados há quase 75 anos. Por ocasião do Dia Mundial do Matrimônio, que coincide com a festa de São Valentim e foi celebrado dia 14/02, o movimento Encontro Matrimonial lhes entregou o prêmio “Toda uma vida de amor 2017”.

Em uma entrevista ao jornal ‘ABC’, Eulogio e Martina assinalaram que a chave do êxito que os mantêm unidos e apaixonados depois de 75 anos é a “paciência” e, sobretudo “amar-se muito”.

“As pessoas não aguentam nada e na primeira discussão terminam”, lamenta Martina. De fato, Martina destaca nesta entrevista que não entende como os casamentos podem acabar tão rápido: “Sempre se discute, como não, ainda mais estando tanto tempo juntos, mas é preciso ter paciência”.

Eulogio contou como foi quando começaram a sair juntos. Ela tinha 18 anos e ele 23. “Eu a pedi em namoro e percebi que ela queria”, assegura Eulogio sorrindo, ao que Martina responde: “Sim, é verdade, eu gostava muito dele, era muito bonito, muito formal, eu adorava. Tem cem anos e olha como ele está!”.

Um ano depois, eles se casaram. “Foi um grande dia, assim como para todos os noivos que se casam apaixonados, não como hoje, que se casam apenas para mudar de parceiro”, indica Martina ao ‘ABC’. Eles tiveram sete filhos.

Eulogio entrou na Guarda Civil, um corpo de segurança da Espanha, e devido ao seu trabalho e como era promovido, teve que mudar de lugar várias vezes. “Eu sempre o acompanhava em todos os lugares”, conta Martina ao jornal espanhol.

“Nós morávamos nos quartéis e, quando não era possível, alugávamos uma casa”. Segundo conta, os anos passaram mais ou menos tranquilos, sem grandes sobressaltos. “Não vivemos etapas de maior ou menor proximidade e intensidade, às vezes discutíamos, mas no dia seguinte já estávamos bem”, asseguram.

Depois de permanecer a vida toda juntos, afirmaram que com certeza “não poderiam viver sem o outro”, não pela rotina ou porque estão acostumados, mas por amor. Na verdade, um dos seus filhos contou ao jornal que recentemente Martina operou o quadril e Eulogio não aguentava esperar para vê-la. “Eu a beijei, claro, mas depois fiquei gripado!”, brinca Eulogio.

Mesmo que ainda tenham muita energia, Eulogio assegura que prefere “morrer primeiro para que ela possa desfrutar e encontrar outro”. Martina ri, mas insiste: “Eu morro com ele, não existe outro igual a ele”.

O movimento Encontro Matrimonial afirma que Eulogio e Martina “são a prova de que o amor pode durar a vida inteira”.

“Não é uma questão de sorte: Você deve querer amar, cuidar do relacionamento e da comunicação e tolerar as diferenças que qualquer casal tem. E também é necessário aprender a amar bem”, indicaram no comunicado.

O testemunho desses esposos brilha na Espanha quando, de acordo com o Instituto Nacional de Estatística, em 2015 mais de 100.000 casais se separaram, divorciaram ou conseguiram a nulidade.

O Encontro Matrimonial é um movimento católico que oferece um “fim de semana especial” como uma experiência que ajuda o casal a fortalecer o seu amor e aprofundar no seu relacionamento. É aberto a casais de qualquer religião e também a não crentes.

Anualmente, o movimento Encontro Matimonial entrega o prêmio “Toda uma vida de amor” aos casais mais longevos, a fim de demonstrar que é possível um único amor e para sempre.

O Encontro Matrimonial está presente em mais de 100 países nos cinco continentes. Anualmente mais de 30.000 casais no mundo inteiro conseguem renovar o seu amor graças a esta experiência.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/ele-tem-100-anos-e-ela-95-tem-75-anos-de-casados-e-compartilham-a-chave-do-exito-36679/

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.