Egito: taxista decapitado por ter um crucifixo pendurado no espelho

IMG_30082013_152532O site Zenit.org informou nesta quinta-feira (29/08/13), dia em quem a Igreja celebrou a memória litúrgica do martírio de São João Batista, que no dia 16 de agosto, no Egito fez-se notícia um novo martírio. O jovem taxista, Mina Rafaat Aziz , de 20 anos, foi espancado e decapitado por uma multidão de muçulmanos, porque tinha pendurado um crucifixo no espelho de seu carro.

Segundo a notícia, a partir de declarações relatadas à agência Asia News, “as histórias contadas pelas vítimas dos ataques assustam e pesam os corações de toda a população egípcia”. O assassinato do jovem ocorreu no contexto dos ataques contra sit-in, no Cairo.

A notícia afirmou ainda que em um vídeo amador feito por um morador, é possível ver uma multidão bloqueando o carro para controlar os passageiros. Quando o táxi de Aziz foi parado, um manifestante viu a cruz pendurada no espelho. As imagens mostram como, em um curto espaço de tempo, o menino foi arrastado para fora do carro a chutes, socos, espancado. Os golpes causaram a morte do jovem após alguns minutos. Os extremistas continuam a agredir o corpo sem vida com cuspes e pontapés, até completar a execução por decapitação do cadáver que foi abandonado na calçada.

Fonte: http://www.zenit.org/pt/articles/egito-taxista-decapitado-por-ter-um-crucifixo-pendurado-no-espelho

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.