Egito: Mais de 35 Igrejas, conventos e escolas cristãs atacadas por extremistas muçulmanos

ppmasacreegipto150813O site ACI informou nesta sexta-feira (16/08/13) que o sacerdote Hani Bakhoum Kiroulos, assistente do Patriarcado copto-católico na capital egípcia, fez um balanço de todos e cada um dos lugares atacados –mais de 30– pelos extremistas muçulmanos durante o massacre desta quarta-feira que cobrou (em total) a vida de mais de 520 pessoas e mais de 3700 feridos.

Em Suez, um convento da Congregação do Bom Pastor, a escola adjacente e o hospital foram saqueados e incendiados. Uma igreja franciscana também foi atacada e incendiada.

Na cidade de Minya, na zona nordeste do país, os extremistas muçulmanos atacaram a Igreja copta-católica Mar Guirguis, a igreja (também copta-católica) de São Marcos; e um convento e uma escola das irmãs de São José.

Em Beni Souef, na zona central do norte, os extremistas atearam fogo ao convento franciscano do Imaculado Coração de Maria.

Na localidade de Asyut na zona central do Egito, o ataque foi também à Igreja franciscana Santa Teresa e a um convento de irmãs franciscanas.

Os extremistas muçulmanos também atacaram a Basílica de Nossa Senhora de Fátima no Cairo, apedrejaram e bateram nas portas, mas não conseguiram entrar.

O Patriarcado informou também que outros 26 locais de Igrejas ortodoxas e evangélicas foram alvo dos extremistas muçulmanos.

O Papa Francisco ,reunido a milhares de Fiéis para celebração da Missa pela Festa da Assunção de Nossa Senhora e para a oração do Ângelus, elevou uma oração pelas vítimas do massacre no Egito.

Os distúrbios desta quarta-feira no Egito se deram depois que as forças de seguranças agiram com violência para desmantelar os acampamentos da Irmandade Muçulmana que apoia o presidente deposto, Mursi.

Sobre estes graves episódios de violência, o Papa Francisco disse que “chegam infelizmente notícias dolorosas do Egito. Desejo assegurar minha oração por todas as vítimas e seus familiares. Pelos feridos e por quantos sofrem”. E acrescentou: “Oremos juntos pela paz, o diálogo, a reconciliação nessa querida terra e no mundo inteiro. Maria Rainha da paz rogai por nós”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=25884a

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.