É possível Nossa Senhora aparecer e Jesus falar no interior do coração?

por Frei Jorge
da Paz – ofm

Quando
falamos de aparições, locuções interiores e milagres, é nosso dever afirmar que
para nós, que cremos nas revelações bíblicas do AT e do NT, sabemos que são
possíveis. A Teologia católica não exclui a possibilidade de Deus comunicar-se
com quem Ele quer e na forma que Ele deseja. As escrituras trazem como luz
centenas e centenas de páginas onde lemos muitas comunicações místicas que
emergem no contexto histórico da fé. São momentos especiais, onde Deus faz
desvendar o maravilhoso, intervindo com bondade para socorrer seu povo,
dirigindo-se a “VI-DENTES”, livremente por Ele escolhidos e que
vieram ser porta-vozes da sua mensagem “para aquele momento”. Entre
as centenas, tomemos dois casos como modelo e exemplo:

A Moisés:
“O Senhor disse: “Moisés, Eu vi a aflição do meu povo que está no
Egito, e ouvi seus clamores (…). Sim, eu conheço os seus sofrimentos… Eu desci
para Iivrá-los”(Ex 3,1 8). ” Eu sou aquele que sou! Assim falarás aos
israelitas…” (Ex 3, 14-15).

Á Maria
Madalena e sua companheira: “Jesus apareceu diante delas e disse:
“Salve! Ide dizer aos meus irmãos que se dirijam à Galiléia, pois é lá que
eles haverão de me ver ressuscitado…”(Mt 27,9-1 0).

E assim por
diante. E também aparições de anjos e santos como a aparição do Anjo Gabriel à
N.Senhora, a aparição do Anjo do Senhor em sonhos a S. José (Mt 1,20), a
aparição de Moisés e Elias aos discípulos: “E Jesus se transfigurou diante
deles. O seu rosto resplandeceu como o sol e as suas vestes tornaram-se alvas
como a luz: E eis que também Moisés e Elias apareceram a Pedro, Tiago e João,
conversando com Jesus que ali estava transfigurado” (Mtl7,2-3)

O QUE NÓS
ESTAMOS QUERENDO DIZER COM ISSO?

De maneira
nenhuma estamos querendo fundamentar com essa linguagem, que as APARIÇÕES
PRIVADAS, acontecidas na vida da Igreja, são comuns e soem acontecer como
continuidade daquilo que Deus já revelou através das Escrituras. Contudo essas
APARIÇÕES PRIVADAS, quando se referem a um quadro da sociedade presente, essas
aparições se revelam como uma crítica bondosa, uma crítica que vem do céu…,
nos remetendo um melhor exame das verdades já reveladas, que nós estamos
desprezando ou até mesmo esquecendo de… vivê-las!

Eu penso
assim: Na hora em que a fé começa a ser estrangulada, reprimida e asfixiada por
grupos influentes e de prestígio, grupos esses de poder, onde predomina um
racionalismo hermético, frio e crítico, que só acreditam na orgulhosa ciência,
e naquilo que se pode auferir nos seus laboratórios de análises, Deus investe
num acontecimento místico e, sem possíveis explicações humanas, através dos
frutos que esses fatos extraordinários produzem; quer acordar aqueles que
permanecem no seu indiferentismo ateu. Seria como se Deus falasse através dos
fatos: “EU EXISTO, E TRANSCENDO À CIÊNCIA DA TUA CIÊNCIA”!

Aliás toda
inteligência da ciência é inteligência que vem de Deus… É o que Deus revela
quando por exemplo explica a inteligência da medicina e dos medicamentos:

“Honra
ao médico por causa da necessidade, pois foi o Altíssimo que o criou. Toda
medicina provém de Deus… O Senhor fez a terra produzir os medicamentos, o
homem sensato não os despreza…” (Eclo 38, 1-4)!

E assim
Deus poderia profetizar sobre todas as ciências: “TODAS AS CIÊNCIAS FORAM
CRIADAS POR MIM” ! Porém instigados pelo orgulho e pela euforia do seu
sucesso e auto-suficiência, as ciências acabam apostando da fé com própria
inteligência que Deus lhe deu. É a do mundo científico de hoje: Quase na sua
totalidade completamente voltado com desprezo para com Aquele que o inspirou e
criou.

Assim
nesses lugares, onde N. Senhora verdadeiramente aparece, há uma chama do Amor
do coração da Mãe de Jesus, que irradia para aquecer os corações, como se
irradiou para Isabel no momento de sua VISITAÇÃO: “Tão logo Isabel ouviu a
voz de Maria… Isabel ficou cheia do Espirito Santo” (Lc 1,41). Podemos
até afirmar que cada aparição de N. Senhora, que seja verdadeira e uma
VISITAÇÃO”. Ali a Mãe do Senhor Dirige aos que a escutam o seu
“Shalom”, que estabelece a paz no sentimentos e acorda a presença do
Espírito Santo nos corações. É o MOMENTO DE DEUS… que através do Amor da
Senhora, quer despertar naqueles que perderam a fé, uma nova luz que lhes faz
nascer no entendimento.

Foi o que
aconteceu com o cientista médico, Dr. Alexis Carrel, que escreveu “O Homem
esse Desconhecido”. Dr. Alexis se converteu à fé, testemunhando o milagre
que Deus fez acontecer dentro da Gruta de Lourdes. Alexis viu desaparecer, sem
deixar vestígios, um grande tumor maligno de uma sua paciente que estava
desenganada, ao ser banhada pelas águas milagrosas de Lourdes.

Quem sabe
não acontecerá um dia um milagre desse em Itaperuna? Como seria bom que
acontecesse! Para aqueles que não acreditam e para aqueles que ainda não
honraram a Senhora como Mãe da Igreja, talvez viessem a compreender por que as
ladainhas da lê invocam Maria como…”SAÚDE DOS ENFERMOS”!

NÃO PEQUEM
MAIS…!

DIZ NOSSA
SENHORA QUANDO APARECE

Como
dissemos, as APARIÇÕES PRIVADAS não podem ser fundamentadas através daquelas
aparições verossímeis que estão dentro do contexto da revelação. No entanto,
porque conhecemos o Infinito Amor de Jesus e o amor de Maria, que é a Mãe desse
Infinito Amor, não podemos possibilidades de uma intervenção da Senhora dentro
da Igreja, naqueles momentos em que a própria razão humana percebe ser
conveniente e necessária.

Vejam
Fátima: A Igreja estava arrefecendo no Seu amor à Mãe da Igreja e também se
diluía nas comunidades da fé o espírito de orações. E a Mãe recordou:
“REZAI O TERÇO TODOS OS DIAS”!

Deus usou
um fato extraordinário acontecido numa região, para dar um recado ao mundo
cristão: “ORAI…”

E a Igreja
aprovou oficialmente as mensagens de Fátima. Isso levou anos…, mas aconteceu!
Esse evidenciou o seguinte: Fora do âmbito da Revelação…, as aparições também
são possíveis, porém a Igreja se mostra prudente antes de emitir o seu juízo
positivo.

E suas
cautelas tem sérias razões…!

Parte do
pressuposto firme de que a lê teologal é uma resposta do cristão à revelação de
Deus, cujo depósito já foi definitivamente confiado e encerrado com as
revelações do Novo Testamento. Sendo assim as REVELAÇÕES PARTICULARES possíveis
são o que afirma o célebre Téologo Mariano Reneé Laurentin: “São um VIÁTICO
PROVISÓRIO… e gratuito, dado por Deus na vida dos homens, em momentos
obscuros, com o objetivo de recordá-los dos princípios éticos esquecidos, que
vão se afogando nos rios das imoralidades, vomitados por todos os meios de
comunicações possíveis. Princípios éticos esses que estão contidos na
Revelação, mas que para muitos, diante da modernidade e da ciência, se tornaram
ridículos”.

É por tal
razão que em muitos momentos dessas aparições, que a Igreja oficializou como
verídicas, N. Sra. apareceu chorando e suplicando: “Eu vos amo, filhos
queridos. ABANDONAI O PECADO…!”

Foi o que
aconteceu em… La Salette!

E em
Itaperuna aconteceu momento idêntico N Sra. disse “Estou aqui porque vocês
precisam de mim! Estou aqui porque preciso lhes dar o meu amor! Estou aqui
porque muitos de vocês são preguiçosos. Não têm tempo para ler a Palavra de
Deus. Estou aqui para reavivar o Evangelho, para reacender a chama de Deus.
Estou aqui para conduzi-los à Santidade. Quem me procurar, haverá de me achar.
Eu sou o amor presente, não ausente… Vocês são amados… NÃO QUEIRAM MAIS
PECAR! NÃO PEQUEM MAIS! O pecado machuca Jesus. Não maltratem mais o Senhor
Deus. Chega! Basta! QUERO HUMILDEMENTE SUPLICAR A CADA UM DE VOCÊS: NÃO PEQUEM
MAIS” (Ciep Boa Fortuna, 24-07-96)!

A PALAVRA
DE UMA AUTORIDADE DA SANTA SÉ

Nesse
contexto, avaliemos juntos as palavras de uma autoridade da Igreja, o Cardeal
Ratzinger, Prefeito da Congregação para Doutrina da Fé no Vaticano, quando fala
sobre as aparições de Nossa Senhora:

“A
revelação parou com Jesus! Somente Jesus é a Revelação. Entretanto isto… NÃO
FAZ DEUS PARAR DE FALAR EM NOSSOS TEMPOS. E Deus fala através de pessoas
simples e através de sinais extraordinários que… DENUNCIAM AS LIMITAÇÕES DA
CULTURA DOMINANTE, marcada pelo racionalismo e pelo positivismo. As aparições
que a Igreja aprovou oficialmente – Lourdes e Fátima, entre outras – têm o seu
lugar precisamente no desenvolvimento da Vida da Igreja no último século…
Quanto ao resto, UM DOS SINAIS DOS TEMPOS… é que as aparições marianas estão
sendo multiplicadas no mundo. Nossos relatórios estão se avolumando em nossa
seção especial, vindos de todos os continentes. E um dos nossos critérios é o
de separar o aspecto da verdade contido nas mensagens ou a presumida
sobrenaturalidade da aparição, dos…FRUTOS ESPIRITUAIS QUE ALGUMAS DESSAS
APARIÇÕES ESTÃO MOTIVANDO. O problema para nós se situa não tanto na
hipercrítica moderna da verdade científica e da frente que as suas tradições
possam fazer diante do maravilhoso das aparições, mas para nós o problema é a
vitalidade e ortodoxia da vida espiritual intensa, que se irradia desses
lugares, tornando-se frutuosas, benéficas e importantes para a vida do povo
cristão” (Rapporto Sulla Fede, pág. 112, Edizione Paolini, Torino 1985).

Em outras
palavras, o Cardeal Ratzinger se mostra admirado e perplexo diante do sentido
PASTORAL intenso que algumas aparições – presumidamente verdadeiras – estão
promovendo nas localidades em que aconteceram. Essas aparições presumíveis,
onde as mensagens estão fazendo acontecer um movimento de fé poderoso, movendo
muitas e muitas conversões comprovadamente autênticas, curas inexplicáveis
investigadas por peritos especializados, um despertar para o amor e unidade nos
grupos que estão envolvidos por esse fato, tudo parecendo como que organizado
de uma forma pacífica e ordeira, sem exageros, COM UMA PROFUNDA FIDELIDADE E
OBEDIÊNCIA AO BISPO…, uma espiritualidade voltada com disciplina para uma
vida de oração madura, confissão regular, e Eucaristia assídua… o que
poderemos dizer diante de tudo isso?

Se nós
vemos UMA VIDA NOVA… florescendo nas comunidades em que as mensagens são
anunciadas, então já não poderemos pensar que a “unção…” contida
nas mensagens, seja mero fruto da imaginação humana de um vidente. O Evangelho
vem como suporte forte da nossa observação:

“PELOS
SEUS FRUTOS OS CONHECEREIS! Colhem-se porventura uvas dos espinhos ou figos dos
abrolhos? Toda árvore boa dá bons frutos…” (Mt.7,16-17)!

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.