Diocese de Lorena inicia Ano Jubilar no próximo dia 31 de julho

Lorena (Segunda-feira, 25-07-2011, Gaudium Press) A Diocese paulista de Lorena inicia no próximo domingo, 31, as comemorações pelos 75 anos de sua existência. O dia que marcará o começo do ano jubilar da diocese – período que terminará precisamente no dia 31 de julho de 2012, jubileu de 75º aniversário de fundação da diocese – terá missa presidida pelo bispo local, Dom Benedito Beni, às 10h e cerimônia de ordenação de quatro diáconos no período vespertino, às 15h.

Durante todo este período de um ano até o jubileu, uma série de atividades comemorativas acontecerão. Conforme Dom Beni, a partir agosto a imagem de Nossa Senhora da Piedade, virgem padroeira da diocese, deixará a catedral local para peregrinar por todas as 30 paróquias que compõe a diocese. Segundo o prelado, as visitas devem continuar até o dia 3 de março do ano que vem.

Além da peregrinação, a diocese prepara um álbum com fotografias e informações sobre detalhes da história da região. No dia 31 de julho do ano que vem, como não poderia deixar de acontecer, está prevista uma festividade. Contudo, segundo Dom Beni, os detalhes sobre esta atividade comemorativa ainda não foram definidos. Sabe-se apenas que uma missa solene em homenagem ao jubileu da diocese será realizada.

Uma nova etapa para a diocese
Conforme o bispo de Lorena, os 75 anos de uma diocese, assim como o cinquentenário, costumam ser comemorados com mais entusiasmo porque se tratam de datas em que a jurisdição eclesial já traçou uma boa caminhada e arraigou suas tradições. “É um momento de parada para agradecer a Deus pela história e olhar com esperança para o futuro”, declarou o prelado.

A “gratidão pela história” da Diocese de Lorena será expressada através do álbum de fotografias, da celebração de missas solenes e da peregrinação da padroeira. O “olhar para o futuro” virá através da restauração da catedral e da construção de dois edifícios que serão de imensa utilidade para o progresso da Igreja local. “Já temos uma caminhada boa, agora precisamos melhorar a estrutura da diocese”, afirmou Dom Beni.

Os edifícios construídos serão o seminário diocesano e o centro de evangelização para retiros e cursos. Já a reforma da catedral envolverá a remoção de pinturas realizadas na parte interna do templo, para a restauração da pintura original que, conforme o prelado, apresenta representa melhor a diocese. No final de sua reforma, a catedral contará também com um espaço para o sepultamento de antigos bispos diocesanos.

Tanto as novas instalações quanto os reparos na catedral devem ficar prontos ainda no primeiro semestre de 2012. A ideia, segundo Dom Beni, é entregar os “presentes” para a diocese até o dia 15 de agosto do ano que vem, dia de Nossa Senhora da Piedade, data escolhida pela jurisdição eclesial para o encerramento das comemorações de seu jubileu.

Segundo Dom Beni, jubileu é um momento de parada para agradecer a Deus pela história e olhar com esperança para o futuro.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.