Deus não exige nada extraordinário, afirma o Papa Bento XVI

Segundo informações do site ACI/EWTN Noticias (16 de dezembro de 2012), na homilia da Missa celebrada na paróquia de São Patrício em Roma, o Santo Padre afirmou que Deus não exige nada de extraordinário de cada um de nós. Ele só quer que vivamos segundo “critérios de solidariedade e justiça”, com amor, fidelidade e consciência de nossas atitudes.

Papa Bento XVI, também recorda em suas palavras que,  “Deus se faz homem como nós para dar-nos uma esperança que é certeza: se o seguirmos, se vivermos com coerência a nossa vida cristã, Ele nos atrairá para Si, nos conduzirá à comunhão com Ele. E em nosso coração vibrará a verdadeira alegria e a verdadeira paz, até nas dificuldades e nos momentos de debilidade”. Por este motivo, motivou aos fiéis a compreenderem a importância da presença do Senhor entre nós, pois Deus está conosco; Ele não é um Deus de longe, e sim um Deus de perto, que está entre nós, e que se deixa encontrar pela Eucaristia.

O pontífice também nos lembra que na segunda leitura, na carta de São Paulo aos Filipenses, ele nos encoraja ao recordar-nos do fato de “que nada pode nos separar do amor de Deus, que se manifestou em Cristo. Só o pecado nos afasta Dele, mas este é um fator de separação que nós mesmos introduzimos em nossa relação com o Senhor”. E acrescentou: “E inclusive quando nos afastamos, Ele não cessa de amar-nos e segue estando perto de nós com sua misericórdia, com sua disponibilidade ao perdão”.

Finalizando suas palavras o Papa afirma que “a alegria que o Senhor nos comunica deve encontrar em nós amor agradecido. De fato, a alegria é completa quando reconhecemos sua misericórdia e agradecemos pelo que recebemos d’Ele cada dia”. E, “Quem recebe os dons de Deus de uma maneira egoísta, não encontra a verdadeira alegria; enquanto que, aquele que nos dons recebidos encontra a ocasião para amá-Lo com sincera gratidão e para comunicar a outros seu amor, tem um coração que está realmente cheio de alegria. Recordemo-nos!”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=24624

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.