Deus e nós somos pais

tumblr_lmwfxgsizR1qbh26io1_500É tão importante ser pai que Deus quis que assim nós também fôssemos chamados, como Ele; pois, ser pai, acima de tudo é dar a vida a alguém, e cuidar dessa vida. Ele quis que nós fôssemos co-credores com Ele, que glória! Deus cuida de nós como Pai. Jesus disse que não devemos nos preocupar porque “o Pai celeste sabe do que precisamos” (Mt 6,32). Quem não sabe o que é um pai, não sabe quem é o Pai.

Que bom ser pai! Que bom poder dar a vida a alguém e cuidar dela como um diamante que se vai burilando e fazendo-o brilhar!

Que bom poder tomar nos braços alguém que é a carne de nossa carne, ossos dos nossos ossos, e amor do nosso amor!

Que bom poder cooperar com Deus na obra mais linda da Sua criação, um ser que é Sua imagem e semelhança!

Que bom poder gerar alguém que jamais acabará, que pensa, que chora, que sorri, que abraça, que amadurece!…

Que bom poder gastar a vida para dar vida!

Mas é preciso se espelhar no Pai para ser bom pai.

É preciso amar incondicionalmente os filhos, como Deus nos ama, como somos, com nossos defeitos e qualidades.

É preciso conquistar o filho, gastando tempo com ele, esquecendo-se quando ele é pequeno, expressando seu amor por ele.

É preciso conhecer o filho, não ignorá-lo, nem desprezá-lo ou maltratá-lo, mas conhecer os labirintos do seu ser, ser seu amigo e companheiro; descobrir suas qualidades e defeitos; saber corrigir com carinho e elogiar com alegria.

É preciso dar a ele só o que ele precisa, o que lhe convém, o que contribui para o seu bem, nada mais. Deixe-o crescer, não impeça sua caminhada; eduque-o com sabedoria e prudência. Faça-o contemplar o teu rosto amigo e ver o rosto invisível do Pai. Deixe-o experimentar o seu amor para ele acreditar no amor do Pai. Antes de dizer-lhe que o Pai o ama, faça-o sentir que você o ama.

É preciso ser íntimo do seu filho; cultivar a proximidade e a comunicação fácil e coloquial com ele; cantar com ele, sorrir com ele, jogar com ele, passear com ele, chorar com ele…

É preciso apoiá-lo, não o fique criticando, destaque mais suas qualidades que seus defeitos.  E conduza-o para o bem, para o belo, para a virtude; pois nela está a sua felicidade.

É preciso ensiná-lo a superar-se, vencer o egoísmo que esteriliza a vida, o ciúme que destrói o outro, a ganância que o paralisa, a inveja que o faz pequeno, a ira que o envenena e a preguiça que o impede de crescer.

Lembre-se pai, você tem um Pai, tem uma missão, gerar e criar o seu filho para Ele.

Prof. Felipe Aquino

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.