“Cristianismo Moderno”

Mais moderno que cristianismo

O Deus da cruz não faz mais tanto sucesso quanto deveria, o Deus salvador de Jesus que, não tinha nem, onde encostar a cabeça, não é muito popular entre muitas denominações e seitas.

A mensagem de salvação e libertação, a riqueza teológica, e o tesouro da fé que, espera, confia e transcende a mera existência nesta terra, fica em segundo plano. É fácil constatar essa verdade, a partir de uma simples caminhada pelas ruas de nossas cidades e nas periferias. Igrejas do tipo empreendimento individual (comércio da fé) que se prolifera e ganha adeptos aos milhares . Ex: igreja do Pastor fulano, culto de cura e finanças, culto dos empresários, onde abertamente se prega a teologia da prosperidade sem nenhum pudor, estratégias que deixam os mais conceituados marqueteiros com inveja, culto dos solteiros, culto dos separados, culto dos endividados, culto das curas divinas onde a moeda de troca é o dinheiro, mas pode ser também, o relógio o anel, o cordão de ouro e até o cartão de crédito ou débito entre outros. Propaganda do tipo: pare de sofrer, venha ser feliz com agente, venha se  libertar de todos os problemas, entre outros, sem falar da igreja tal que inclusive tem como propaganda a foto do individuo que, diga-se de passagem, se auto intitula apóstolo.

Hoje o evangelho da promessa do sucesso financeiro, da casa própria, do carro novo, do apartamento, da conta bancária, da empresa próspera, da saúde e da libertação de todos os problemas, atrai a milhares, por ser, estrategicamente direcionado para uma clientela de homens que, cada vez mais, buscam soluções rápidas e imediatas para problemas, intrínseco a vivencia do homem nesta terra e situações ligado ao desenvolvimento ao capitalismo que privilegia o capital em detrimento ao homem.

Posso citar aqui uma dezena de lideranças ou donos dessas “igrejas” que possuem patrimônio financeiro superior ao de muitos grandes empresários brasileiros. Bens, como mansões, iates, helicópteros, aviões, rede de telecomunicações, editoras , contas no exterior e empresas que atuam nas mais diversas áreas, são quase que normais e corriqueiras para esse grupo seleto.

Alguns também trabalham por metas de arrecadação de dízimos e oferta que deixariam qualquer gerente comercial sonhando em ter uma equipe tão focada e eficaz..

A plenitude da vivência cristã passa pelo crucificado, passa pelo: tomar a cruz e seguir. Cristo veio ao mundo para salvar o homem, visto que,  até o momento da encarnação do verbo,  a eternidade não era uma realidade para o povo, Jesus  do alto da cruz Nos ensinou que é preciso haver um relacionamento de amor, aceitação, coragem, desprendimento, perseverança e renúncia no seguimento de Cristo.

Jesus não promete benefícios nem favores individuais aos que o seguiam, (ver história dos apóstolos, mortes, martírios, decapitação entre outros) mas promete a vida eterna que é o centro e objetivo da vida cristã.  Não negamos com isso os milagres operados na vida de tantos por esse mundo afora, mas, esses milagres sempre são concedidos em virtude a salvação do indivíduo. Quero apenas refletir e lançar luz sobre a atitude mercadológica, sectária, perversa e direcionada de, comprar e vender o que não se compra com dinheiro, e que e dom gratuito de Deus, e denunciar o que nunca foi, e jamais será o cristianismo genuíno pregado nestes dois mil anos e vivido em plenitude por muitos santos declarados ou não pela Igreja de Cristo, Uma Santa Católica e Apostólica.

Somente o conhecimento e a verdadeira conversão do coração, poderão, libertar os filhos de Deus dessa lógica de mercado, desses balcões de negociação que levam os corações humildes a crer que, doando uma grande quantia financeira, moverão a mão de Deus em seu favor, ou poderão de alguma forma, comprar ou negociar o favor, a graça e a misericórdia divina.

É dever de cada um, denunciar esse conluio de mentes astuciosas, demoníacas e maquiavélicas, que, como lobos, arrebanham almas simples, e criam um ambiente de alienação e manipulação de pessoas necessitadas e carentes das mais diversas demandas espirituais e temporais, e que no entanto necessitam de um encontro com o verdadeiro e único e soberano senhor JESUS CRISTO por meio da mais estupenda obra e instituição IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA.

***
Por Fábio Cesar da Silva

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.