Conselho Pontifício para a Família: Personalização

Abelardo Lobato Casado, OP

Doutor em filosofia, laureado em teologia. Professor de teologia. Foi delegado da Santa Sé em Strasburgo pelos direitos humanos. Presidente da Sociedade Internacional Santo Tomás de Aquino (SITA) e Presidente da Pontifícia Academia Santo Tomás de Aquino. Numerosas publicações.

[Resumo]

O homem vive a sua individualidade de maneira única, isto é, no modo próprio da pessoa. Sua personalidade é criada com o passar do tempo, antes de tudo porque, tomando consciência da sua dignidade, o homem se descobre capaz de progredir na descoberta da verdade e na prática do bem. Mas sua personalidade é construída também no contato com os outros.
A concepção de homem que hoje predomina nas organizações políticas nacionais e internacionais caracteriza-se por um individualismo que subestima a capacidade inata do homem de desenvolver-se e de abrir-se aos outros. Tal concepção tende a reduzir o homem somente à dimensão biológica. Esquece que o homem se personaliza sem descontinuidade desde o momento da concepção até a morte. Em outras palavras, a experiência humana vive um processo de educação contínua, que começa com a maternidade.

(O corpo e os desafios atuais: ética e teologia; Dignidade da criança; Direitos da criança, violência e exploração sexual; Direitos das crianças; Família e direitos dos menores; Pessoa e procriação integral; Ser Pais [“Genitorialidade”]; Trabalho infantil).

____________________________
Leia o texto integral, entre outros, em Lexicon: termos ambíguos e discutidos sobre família, vida e questões éticas,  Pontifício Conselho para a Família, Edições CNBB.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.